Blog da Loja Integrada

3 dicas de estoque e ofertas de produtos para fazer na Black Friday

Se, no dia a dia, a gestão de estoque e ofertas de produtos já demanda tempo, energia e atenção dos lojistas, em épocas de promoções sazonais esta tarefa se multiplica. No entanto, não estamos falando de qualquer promoção. Estamos nos referindo àquela que, talvez, seja uma das datas mais aguardadas pelos consumidores: a Black Friday.

Por que é importante preparar estoque e ofertas de produtos para a Black Friday?

Com tanto esforço de marketing, é esperado que as vendas aumentem. Esta notícia, por si só, já é ótima. Afinal, o sonho de qualquer lojista é ver o índice de vendas da sua loja aumentar. Por outro lado, para atingir este feito com tranquilidade, é importante ter um planejamento de estoque e ofertas de produtos muito bem traçado. Confira abaixo algumas dicas especiais para a Black Friday.

1. Considere os principais elementos de planejamento

Os principais atores do planejamento de estoque e ofertas de produtos são:

Antecedência
Parceiros

O primeiro lhe ajudará a planejar tudo com tranquilidade, tempo para estudar e analisar os dados de promoções anteriores, as expectativas de acordo com o cenário econômico e muito mais. O segundo lhe fornecerá matéria-prima, produtos ou serviços no prazo combinado e será um grande aliado, caso algum imprevisto aconteça.

2. Selecione os produtos que terão descontos com sabedoria

Há quatro tipos de produtos que podem compor o seu catálogo da Black Friday:

• Os mais comprados: são aqueles produtos que são os queridinhos dos clientes. Aqueles que têm maior saída.
Por que incluí-los? Eles são verdadeiros chamarizes para a sua loja. Além disso, você já sabe que, mesmo fora de promoção, eles têm uma boa saída. Com promoção envolvida, a tendência é que suas vendas aumentem ainda mais. O resultado dessa equação é mais receita para a sua loja.

• Lançamentos: são aquelas novidades fresquinhas. Os produtos que a loja está lançando em primeira mão.
Por que incluí-los? É incomum ver produtos de lançamento em promoção. Para atrair mais clientes e/ou incentivá-los a testar os produtos novos, a dica é dar um desconto exclusivo para a Black Friday. Dessa forma, cria-se um senso de urgência no cliente. Para aproveitar esta novidade com um preço menor, ele precisará comprar durante a data.

• Os menos comprados: são aqueles produtos que têm pouca saída, que não são tão comprados.
Por que incluí-los? Justamente para incentivar a sua compra e liberar o seu estoque para produtos que têm mais giro.

• Os que estão saindo de linha: são aqueles produtos que já tiveram o seu momento de sucesso, mas que estão saindo de linha, e a loja não pretende produzi-los novamente.
Por que incluí-los? Pelo mesmo motivo que citamos no tópico acima: para liberar estoque e incentivar a compra.

Você pode optar por um ou vários desses produtos. Monte o seu catálogo para a Black Friday pensando no que é melhor para o caixa da loja. Dê descontos e faça promoções com aqueles produtos que incentivam compras e oferecerem mais benefícios para a sua loja em termos de estoque e ofertas de produtos. Falando nisso, que tal ler o nosso post Mais promoções e menos prejuízos na sua loja virtual?

3. Cuidado com os produtos com menos quantidade em estoque

Por fim, é importante frisar um cuidado que deve ser tomado especialmente com os produtos menos comprados e que estão saindo de linha. Geralmente, a loja possui poucas unidades deste tipo de produto e pode ser — aliás, é isso que se espera — que haja uma procura maior por eles, considerando os descontos e promoções concedidos. Caso a procura ultrapasse a quantidade de unidades do produto, o cliente ficará frustrado ao tentar comprar, e não conseguir. As dicas neste caso são:

Avisar o cliente: não há nada de errado em indicar na página do produto que há uma quantidade limitada em estoque. Se for possível inserir um contador atualizado em tempo real indicando as unidades restantes, melhor ainda. Isso gerará, inclusive, um senso de urgência no cliente, o que é ótimo para os negócios. Só não deixe de se certificar de que a atualização está acontecendo corretamente para o tiro não sair pela culatra.

Colocar este produto em combos: dessa forma, você não deixa uma comunicação tão focada nele e, ao mesmo tempo, não deixa de vendê-lo. Caso o produto acabe antes, você pode substituí-lo, mas sempre deixando isso claro para os consumidores.

Já que você está na fase de planejar e preparar a Black Friday da sua loja, acesse nossa página dedica exclusivamente para a Black Friday. Lá você encontrará diversos conteúdos que te ajudarão nessa data tão esperada.

Leia mais

Artigo anterior

Marketplace na Black Friday: Como ter uma gestão de sucesso durante a Black Friday

Leia mais

Próximo artigo

#OperaçãoFrete – Sua loja está preparada para Black Friday?

Deixe seu comentário