Blog da Loja Integrada

3 sinais e 3 dicas para largar o emprego e abrir o negócio dos sonhos

É preciso coragem. De fato, muita coragem. No entanto, deixar o medo consumi-lo e não seguir seus objetivos pode se tornar um arrependimento. No texto de hoje, vamos falar sobre superar o desafio de largar o emprego e abrir o negócio dos sonhos. Você está nesta dúvida? Então, vem que o texto de hoje é para você.

Por que muitas pessoas querem largar o emprego e abrir o negócio dos sonhos, mas não o fazem?

O principal motivo pelo qual as pessoas deixam de seguir seus sonhos é o medo. Claro que pode ser chato e incômodo ter que lidar com aquele chefe, bater ponto, realizar atividades que não se gosta durante a maior parte do dia para ganhar um salário que não é o ideal. No entanto, num país com o cenário econômico do Brasil, ter um emprego – ainda que não seja um bom emprego – é considerado um artigo de luxo. Pelo menos há um dinheiro entrando na conta todo mês.

Por outro lado, quando se tem um sonho é preciso ir atrás dele. O medo é uma realidade? Sim. No entanto, é possível racionalizá-lo. Ou seja, compreender do que se tem medo para conseguir superá-lo. Por exemplo, o seu receio é perder a estabilidade financeira? Primeiro, é preciso levar em conta que ter um emprego não é uma garantia. A empresa pode precisar fazer cortes e você pode ser o escolhido. Além disso, economizando e fazendo um bom planejamento, você consegue se organizar para se manter até que o próprio negócio comece a dar lucro.

3 sinais comuns de quem está insatisfeito com o atual emprego

Será que você está insatisfeito com o seu trabalho? Para quantas das perguntas abaixo você responde “sim”? Se a quantidade for significativa, você já tem um sinal de que pode ser a hora de começar a pensar em abrir o próprio negócio.

1. Você se sente para baixo porque suas ideias não são valorizadas?

Os gestores ficam tão focados nas metas e táticas traçadas que ignoram as ideias dos colaboradores. Essa postura desmotiva e pode ser prejudicial para a própria empresa, pois deixa de considerar ideias que poderiam alavancar o negócio.

2. Você acredita que não tem futuro dentro da empresa?

Se você não vê oportunidades de aprendizado e de crescimento dentro da empresa, pode se tornar um profissional estagnado e frustrado. Muitas vezes, o seu principal inimigo é seu gestor. Há aqueles que se sentem ameaçados, ridicularizam os colaboradores e deixam de levar as ideias da equipe para os superiores.

3. Você não vê o impacto positivo do seu trabalho?

Trabalho é muito mais do que uma fonte de renda. Deve e pode ser fonte de satisfação. Se você não vê como o seu trabalho está melhorando a vida do planeta, da sua comunidade e/ou de outras pessoas, fica sem propósito. Pergunte-se: por que você acorda todas as manhãs?

3 cuidados para não ficar sem chão

Como dissemos, largar o emprego para abrir o negócio dos sonhos não é tarefa fácil. Além de coragem, é preciso tomar três cuidados para que o sonho não se torne um pesadelo.

1. Planejamento

Planeje sua vida financeira, pessoal e até mesmo sua rotina. De quanto tempo você precisará para fazer a empresa prosperar? Quanto precisará economizar para se bancar durante este período? Como ficará a sua rotina? Procure por cursos e livros que lhe ajudem a responder a estas (e outras) questões. Organizar esses detalhes vão ajudá-lo a ficar mais tranquilo com a transição. Também pode ser uma boa buscar cases de sucesso para se inspirar e motivar.

2. Teste o seu negócio

Seu negócio pode ser dos sonhos, mas precisa – como toda empresa – dar lucro. Para isso, ele deve ser visto como algo muito importante pelos clientes. Por isso, tenha bom senso na hora de lançar o seu negócio. Teste-o antes de colocá-lo em funcionamento e pesquise muito sobre o seu público-alvo para compreender de que forma pode apresentar a importância do seu negócio.

3. Vá aos poucos

Não é preciso jogar tudo para o ar e largar tudo de uma vez. Ir aos poucos por ser uma boa ideia. Por exemplo, conciliar o seu emprego atual com o seu negócio e, depois que estiver demonstrando um bom desempenho, dedicar-se exclusivamente a ele para expandi-lo.

Sobre este último tópico, aconselhamos a leitura do texto Conciliar loja online com trabalho offline é possível. Boa sorte no novo empreendimento!

Leia mais

Artigo anterior

9 características de empreendedor: você já é um?

Leia mais

Próximo artigo

Atendimento na Black Friday: Como fazer?

Deixe seu comentário