Blog da Loja Integrada
Estratégia de Conteúdo para Redes Sociais

5 dicas para sua estratégia de conteúdo nas redes sociais

Estar nas redes sociais nos dias de hoje é algo essencial para qualquer tipo de negócio. Entretanto, essa presença, para ser efetiva e trazer bons frutos em longo prazo, depende muito mais de qualidade do que de quantidade – tanto de redes sociais quanto de novas publicações.

Por isso, ter uma estratégia bem definida de como sua marca vai se comportar nas redes sociais é o que fará a diferença.

No artigo de hoje, preparamos 5 dicas para você incorporar à sua estratégia de conteúdo para as redes sociais.

1. Defina quem você quer impactar

Assim como seu negócio tem um público-alvo, sua marca nas redes sociais também deve ter clareza sobre quem suas publicações querem atingir.

Para tanto, é importante ter definida a persona do seu cliente. No artigo Como criar uma buyer persona eficiente para e-commerce temos um guia completo com as etapas que compreendem a definição da persona para seu negócio.

Além de todas as informações que apontamos no artigo, para que sua atuação nas redes sociais seja mais assertiva, o que é necessário ter conhecimento é sobre quais redes sociais sua persona costuma utilizar, como e quando ela consome seu conteúdo.

Quais

Atualmente, são diversas redes sociais disponíveis para você criar e compartilhar seu conteúdo. Todavia, algumas delas tem mais aceitação de um tipo de conteúdo do que outras.

Por exemplo, se sua loja vende moda praia, não faz tanto sentido manter uma presença assídua no LinkedIn. Entretanto, dedicar suas ações ao Instagram será uma atitude mais assertiva.

Como

Para sua persona, qual a melhor forma de consumir o conteúdo nas redes sociais? Em vídeo, em texto, ou somente imagens?

Além definir qual o melhor formato, você deve estruturar um mix de conteúdos. Por exemplo, uma loja que vende moda infantil pode tanto apostar em fotos no Instagram quanto em artigos sobre a vida materna no Facebook.

Quando

Entender qual o melhor momento do dia para publicar uma foto ou vídeo ajudará o seu conteúdo a ter melhor engajamento nas redes sociais, além de atingir melhores conversões em vendas.

Neste caso, o que você precisa entender é em que horário do dia seu cliente consome seu conteúdo, e também em quais momentos do dia entram mais pedidos. Isso definirá o momento em que seus clientes estão mais propensos a comprar.

Isso acontece é durante o dia? Se sim, é logo ao acordar ou na hora do almoço? Se é à noite, é antes de dormir ou pouco antes do jantar? Entender esses momentos também vai te ajudar a traçar a linha editorial do seu conteúdo.

2. Planeje o conteúdo para ser uma referência

Como falamos anteriormente, conhecer a persona do seu cliente fará total diferença no planejamento do conteúdo que você compartilhará em suas redes sociais.

Além disso, para construir sua marca como referência em seu segmento, você precisa planejar e criar o conteúdo com essa postura e finalidade.

Caso não considere que tem esse conhecimento de forma tão aprofundada, você pode contar com especialistas para te ajudar, ou até mesmo fazer a curadoria de conteúdos que são compartilhados em sites e redes sociais – sempre dando o devido crédito, é claro!

Além de referência, humano

Mesmo que você queira focar seu conteúdo em algo mais técnico, não descarte o seu conhecimento. Use sua história e vivência para trazer mais identificação com seu cliente.

Voltando ao exemplo da loja de moda infantil, pense na rotina de uma mãe de primeira viagem, que tem pouca experiência não só nos cuidados com bebês mas também em como organizar a nova rotina.

Se o lojista já teve uma “experiência maternal”, compartilhar essa vivência, a insegurança dos primeiros meses, e coisas que acontecem no dia a dia podem trazer uma identidade para a marca.

3. Crie conteúdos de acordo com o comportamento do cliente nas redes sociais

Com a rotina atribulada do empreendedor, criar conteúdo para as redes sociais já é algo que toma tempo, e é muito tentador usar o mesmo conteúdo em todos os canais.

Entretanto, somente replicar o conteúdo sem qualquer alteração em todas as suas redes sociais não é a melhor alternativa. Cada rede social tem um formato mais recomendado, assim como usuários com comportamentos particulares.

Instagram

No Instagram, a qualidade das imagens faz total diferença. Por isso, invista em um smartphone com uma boa câmera e em tirar fotos e criar vídeos criativos.

Não se esqueça também de colocar hashtags relacionadas ao seu negócio, assim, suas fotos e vídeos podem ser encontrados nas buscas por estes termos. Porém, não exagere: use no máximo 10 hashtags, de preferência no primeiro comentário da foto.

Facebook

O Facebook também permite fotos e vídeos, mas ao contrário do Instagram, é amigável para receber textos um pouco mais longos.

Então, em sua página, crie textos um pouco mais completo, mais informativos e que possam complementar as imagens e vídeos que você postar em sua linha do tempo.

Twitter

Embora as mensagens já não sejam mais tão curtas assim, o Twitter é mais recomendado para compartilhar textos mais curtos, de até 280 caracteres.

Em sua estratégia, essa rede social pode ser usada como um canal mais direto de relacionamento com seu cliente, criando enquetes, pedindo a opinião sobre produtos, ações ou compartilhando as novidades de sua loja.

4. Dê preferência ao Instagram Stories

Não há como negar, a rede social mais relevante atualmente para o e-commerce é o Instagram. Por isso, este é o canal que não pode ficar de fora da sua estratégia.

Além da possibilidade de manter suas imagens e vídeos visíveis em seu perfil, ainda existe a funcionalidade Stories.

Como você já deve saber, os stories são vídeos ou fotos com duração de até 15 segundos, e que ficam disponíveis para serem visualizados por até 24 horas – ou por tempo ilimitado, caso você os destaque em seu perfil.

Até mesmo por ser uma das funcionalidades do Instagram, você não deve replicar o mesmo conteúdo do feed nos Stories, e sim pensar em uma estratégia diferenciada.

Como os vídeos são de rápido consumo – com apenas um toque na tela seu story fica para trás – você precisa ter criatividade na hora de planejar seu conteúdo.

Legendas

Muita gente não assiste aos stories com o som ligado. Se a imagem não chamar a atenção de imediato, com certeza seu conteúdo será ignorado.

Uma dica é legendar os vídeos, ou até mesmo adicionar textos que chamem a atenção para o que está sendo falado.

Gifs, Stickers e Emojis

Ao mesmo tempo em que podem dar destaque ao seu conteúdo, incluir muitos GIFs, stickers e emojis em seu story pode ser um tiro no pé.

Lembre-se de que esses elementos devem ajudar a prender a atenção ao seu conteúdo, e não roubá-la.

Ferramentas de interação

O Instagram tem diversas funcionalidades que incentivam a interação entre marcas e seguidores.

Uma delas é a “Perguntas”, onde você pode diretamente questionar seus seguidores e receber uma resposta em texto. Além de conhecer melhor a persona do seu negócio por meio das respostas, você pode ter uma postura mais direta e perguntar que tipo de conteúdo eles gostariam de encontrar em suas redes sociais.

Já para perguntas mais limitadas, com apenas duas possibilidades de resposta – em geral “Sim” ou “Não” -, a funcionalidade de enquete é uma boa aliada para tornar seus stories mais interativos.

Outra opção interessante, lançada nas últimas semanas, é a “Teste”. Aqui você pode criar testes com até 4 alternativas e desafiar seus clientes a escolherem a correta.

São diversas as possibilidades: menções, hashtags, termômetro e diversos outros elementos que podem levar seus Stories a se destacarem!

5. Tenha frequência

Algo muito importante para sua estratégia nas redes sociais é ter compromisso com suas publicações.

O processo de criação de conteúdo nos canais deve ser constante, assim como seu compartilhamento.

Em meados de 2018, o Instagram chegou a mais de 1 bilhão de usuários ativos. Então, seu conteúdo travará uma guerra pela atenção com diversos outros usuários, desde outras marcas até mesmo amigos do seu seguidor.

Por isso, é importante se fazer presente e ter uma boa frequência nas redes sociais.

Você não precisa se obrigar a postar diversas vezes por dia, mas ter uma frequência definida ajudará seu seguidor a entender quando sua marca disponibilizará novos conteúdos, incentivando que sua marca faça parte de sua rotina.

Programe-se para abastecer suas redes sociais semana a semana, de acordo com as informações que você descobriu ao traçar sua persona.

E em todo esse processo, realize testes, entenda o que funciona especificamente para seu público, e assim conseguirá ter cada vez mais sucesso nas redes sociais!


Gostou do nosso artigo? Em nosso canal do YouTube você encontra este conteúdo em vídeo, para assistir quando quiser e relembrar estas dicas!


Leia mais
Dia dos Namorados Loja Virtual

Artigo anterior

Dia dos Namorados: prepare sua loja para a data!

Leia mais

Próximo artigo

5 erros de atendimento ao cliente que você não pode cometer

Deixe seu comentário