Blog da Loja Integrada

5 elementos para Aprimorar a Experiência do Usuário em seu e-commerce

Quando se trata de superar a concorrência e criar uma marca de comércio eletrônico formidável, há dois aspectos que você não deve ignorar.

O primeiro é projetar seu site de comércio eletrônico de maneira que ofereça uma experiência superior ao usuário, e o outro é escolher um nome de domínio memorável e relevante em uma nova extensão de domínio própria para uma loja online, como .store.

Embora você possa confiar em novas extensões de domínio para ajudá-lo a resolver o segundo aspecto, não existe uma abordagem padrão para oferecer uma experiência de usuário inacreditável e infalível.

Como empreendedor que deseja ser bem sucedido, você precisa investir tempo e pensar cuidadosamente sobre quais recursos e elementos ajudarão a melhorar os níveis de experiência do usuário no seu site de comércio eletrônico. Isso envolve estudar seus clientes e concorrentes.

Entender os hábitos do seu público-alvo, o que gosta e o que não gosta, bem como conhecer bem os pontos fortes e fracos dos sites dos seus concorrentes, isso tudo fornecerá insights surpreendentes para poder oferecer experiências únicas aos seus usuários.

Antes de dizer o que você precisa fazer para melhorar a experiência do usuário no seu site de comércio eletrônico, vejamos por que você deve fazê-lo.
Porque a Experiência do Usuário é Tão Importante em Sites de Comércio Eletrônico

A excelente experiência do usuário funciona como um forte catalisador para aumentar as vendas, pois permite que os clientes encontrem e comprem os produtos que procuram com facilidade. Além disso, o design inteligente de sites de comércio eletrônico pode ajudar os clientes a descobrir novos produtos sem esforço.

Associe esses fatores a uma navegação confortável, processos convenientes de check-out e transações seguras, e você terá clientes que desejam gastar mais tempo no seu site de comércio eletrônico. Isso, por sua vez, aumenta a probabilidade de um valor mais alto no carrinho e maior conversão.

O Que Você Precisa Fazer Para Melhorar a Experiência do Usuário no Seu Site de Comércio Eletrônico

Antes de nos aprofundarmos em como você pode melhorar a experiência do usuário no seu site de comércio eletrônico, é aconselhável estudar o comportamento e as expectativas de seus clientes. Criar perfis de compradores ajudará você a entender as necessidades de seus clientes, como eles interagem nos sites de comércio eletrônico e quais fluxos de mensagens e compras são atraentes para eles.

Dito isso, vamos começar!

1. Ofereça Recomendações Personalizadas de Produtos

Quando se trata de vender virtualmente, você precisa personalizar suas ofertas. Do email às recomendações do produto, tudo deve ser personalizado de forma exclusiva para um determinado cliente final.

Oferecer recomendações personalizadas de produtos enquanto eles pesquisam um produto específico pode ser uma ótima maneira de fazer com que os clientes se envolvam com sua marca, se interessem e comprem mais. É como ter um executivo de atendimento acompanhando o cliente ao longo da sua jornada de compra.

Por exemplo, com base no que o cliente está visualizando, é possível exibir recomendações personalizadas de produtos para produtos similares em uma seção adjacente, como “Mais Vendidos” ou “Em Alta” ou “Clientes que compraram este Item também compraram…”.

Dessa forma, um cliente pode descobrir produtos que nem imaginava existirem. 

2. Use Uma Estrutura de Site Que Seja Fácil de Navegar

Seu site de comércio eletrônico é sua loja virtual onde você vende produtos. Portanto, ele precisa ser estruturado logicamente, de modo a ajudar os visitantes a acharem o que desejam.

Imagine entrar em um supermercado e encontrar frutas na seção de biscoitos e alimentos congelados na seção de alimentos orgânicos, ou em uma loja onde os corredores e as placas estão todos misturados – isso deixaria você perdido!

Da mesma forma, para garantir que seus clientes não se percam na navegação no seu site de comércio eletrônico, você precisa mapear a jornada do usuário de maneira lógica e atribuir abas e seções às várias categorias de produtos, aos recursos e informações que deseja oferecer.

Idealmente, você deve começar a estruturar seu site escolhendo suas principais categorias de menu. Por exemplo, se você estiver vendendo roupas e acessórios para homens e mulheres, inclua essas duas categorias na parte superior e as várias subcategorias em cada uma delas.

Você pode incluir seções ou categorias rápidas, como “Coleções de Designers” ou “Lançamentos”, como parte de suas principais categorias para ajudar pessoas de determinados gostos e requisitos a encontrarem produtos mais rapidamente.

Você também pode incluir filtros como preço, cor, tamanho, padrões ou material, etc. Isso ajudará as pessoas a encontrar o que estão procurando com mais facilidade.

Criar um site bem projetado que apresente informações de maneira lógica e inteligente ajudará bastante a aprimorar a experiência do usuário no seu site de comércio eletrônico.

3. Permita aos Seus Clientes Darem Feedback

Seu negócio de comércio eletrônico nunca será perfeito. Sempre haverá áreas em que você pode melhorar. Porém pode ser difícil monitorar cada pequeno problema ou situação.

Uma maneira eficaz de entender onde você está aquém e o que você pode fazer para melhorar a qualidade da experiência do usuário com a sua marca é permitindo que os clientes compartilhem feedbacks com você.

Muitas vezes, os clientes fornecem sugestões e comentários úteis para aprimoramentos, poupando, aos varejistas de comércio eletrônico, tempo e esforço para resolver alguns problemas.

De fato, seu cliente pode apresentar uma ideia única que pode melhorar significativamente a experiência do usuário no seu site e a otimização de certos processos.

O feedback através de avaliações e menções nas mídias sociais ou até mesmo através de e-mails diretos deve ser incentivado.

Para um incentivo ainda maior, você pode oferecer aos clientes um código de desconto ou um brinde na próxima compra como forma de fazê-los voltar a comprar.

Você pode usar o feedback coletado em determinadas seções do seu site ou para produtos específicos como depoimento de cliente. Isso ajudará a construir a confiança da marca entre novos visitantes.

No entanto, você deve dar igual ou ainda mais atenção aos comentários negativos e tomar medidas para corrigir quaisquer problemas que seus clientes estejam apontando.

4. Inclua Uma Opção de “Adicionar à Lista de Desejos”

Muitos compradores online não desejam adicionar itens diretamente aos seus carrinhos. Isso ocorre principalmente porque eles desejam continuar navegando em busca de mais itens e compará-los antes de finalmente decidirem. Ou, eles podem não ter certeza dos produtos que querem naquele momento e podem optar por adiar seus planos de compra para outra hora.

Qualquer que seja o motivo, seu site de comércio eletrônico deve estar preparado para isso, com uma opção para salvar ou adicionar produtos em uma seção diferente do carrinho.

Dessa forma, eles podem salvar suas opções de produtos sem serem pressionados a fazer uma compra imediata.

Por exemplo, a Amazon oferece aos usuários a opção “Salvar na Lista de Desejos”. A maior vantagem desse recurso é que ele permite que os clientes salvem os produtos de sua escolha em um local onde possam encontrá-los facilmente quando retornarem ao site.

Isso aumenta a qualidade da experiência geral de compra dos usuários. Outro benefício da opção “Adicionar à Lista de Desejos” é que ela fornece outro caminho para obter informações de cada usuário para recomendações personalizadas, email marketing relevante e remarketing eficaz.

5. Permita aos Compradores ‘Deixarem uma Dica’

Muitas vezes, seus clientes podem estar comprando itens para outra pessoa. A inclusão da opção “Deixar uma dica” permitirá que os compradores compartilhem ideias de presentes com outras pessoas.

Por exemplo, digamos que Pedro e Valéria estejam noivos e Pedro está procurando ideias de presentes para Valéria. Se Valéria visitar o seu site, que oferece a opção “Deixar uma dica”, ela pode enviar a Pedro uma dica sobre algum presente que gostaria de ganhar.

Isso oferecerá melhor experiência de compra para o usuário. Por exemplo, a Tiffany & Co. oferece a opção ‘Deixar uma Dica’ em seu site.

Independentemente de haver ou não uma ocasião especial, esse recurso pode ser usado como um espaço para compartilhar dicas e ideias com outras pessoas.

Dessa forma, você pode permitir que os usuários direcionem mais tráfego para o seu site, incentivando-os a compartilhar sugestões de produtos com outras pessoas.

Você pode usar aplicativos como o ‘Drop a Hint Premium’ e integrá-los facilmente ao seu site de comércio eletrônico.

Considerações Finais

Um site de comércio eletrônico que oferece excelente experiência do usuário certamente fará com que os clientes voltem com frequência. Além disso, é mais provável que clientes satisfeitos incentivem as pessoas em sua rede a visitar o site e a comprar nele. Incrível, não acha?

Ao incluir os pontos mencionados acima, você adicionará brilho ao seu site de comércio eletrônico e elevará a experiência do usuário a outro patamar.

Parceiro:
.Store - Domínios para a Nova Era do Varejo
https://partners.get.store/lojaintegrada/
Leia mais

Artigo anterior

Destaque sua marca na Black Friday com o marketing de causa!

Leia mais

Próximo artigo

Crie fotos de produtos atraentes para a Black Friday!

Deixe seu comentário