Blog da Loja Integrada

6 dicas práticas de criação de conteúdo para redes sociais

Todo lojista sabe que a criação de conteúdo para redes sociais é importante, afinal são muitos os benefícios que esta forma de comunicação traz. No post de hoje, vamos trazer um lado mais prático deste tema. Apresentamos 6 dicas práticas que lhe auxiliarão neste processo de alimentar e atualizar sempre as redes sociais do seu e-commerce. Preparado(a)? Mãos à obra!

1. A importância da frequênciaImportância da Frequência nas redes sociais

Uma das métricas que algumas redes sociais usam para decidir se a publicação da sua empresa será exibida na timeline dos seus clientes é a frequência de suas postagens. Isso deveria ser motivo suficiente para manter a sua página/seu perfil atualizado, mas não é só isso. Quando você cria um conteúdo interessante e consegue despertar a curiosidade do cliente, fará com que ele queira ver mais postagens suas.

Seria muito frustrante saber que você não posta com frequência ou que, para acessar uma próxima postagem, ele terá que esperar vários dias. Isso pode fazer com que ele se esqueça da sua empresa. Afinal, quem não é visto não é lembrado.

2. Compartilhe outros posts

Você pode repostar imagens ou publicações de perfis que você segue: essa é uma forma simples de atualizar seu canal e que ainda pode incentivar parcerias. Além disso, é possível pesquisar sites e blogs com conteúdo que tenha ligação com o seu negócio ou com o mercado em que você atua. Nunca esqueça de dar os devidos créditos para as fontes.

3. Planeje séries de posts

Durante a criação de conteúdo para redes sociais, determine dias da semana para publicar séries de posts que sejam relevantes para o seu público. Por exemplo, toda segunda-feira, será publicado um look de inspiração e, toda quarta-feira, haverá uma dica de moda de um especialista, no caso de um e-commerce de moda. Já na loja virtual de artigos esportivos, às sextas-feiras, será postada a agenda de jogos e partidas do final de semana. E assim por diante.

4. Programe seus posts

Para economizar tempo, você pode elaborar alguns posts e programá-los para serem postados depois. Isso é ótimo, pois economiza tempo. Esse recurso está disponível em algumas redes sociais, mas há ferramentas que realizam esse serviço também. Tome cuidado ao contratá-las. Opte por aquelas que foram indicadas por um especialista. Há muitas empresas fraudulentas no mercado que roubam suas informações e invadem a sua página.

Mesmo o recurso de programar posts deve ser usado com cautela. O ideal é não programar posts com mais de uma semana de antecedência. Dessa forma, você pode programar o que é atual e não perde oportunidades.

5. Esteja atualizado

Qual é o meme do momento? Há alguma notícia ou fato que esteja em alta e que possa servir de gancho para a sua loja? Esteja sempre antenado não só nos fatos que envolvem diretamente o mercado em que você atua como também em situações que o impactam indiretamente. Dessa forma, você terá sempre novidades marcantes e atuais, podendo aproveitar um assunto muito comentado para enriquecer a criação de conteúdo para redes sociais. Aqui não tem uma fórmula mágica, ok?

É preciso colocar a criatividade para trabalhar sem nunca esquecer o bom senso. Voltemos ao caso de um e-commerce de moda para citar um exemplo, a morte de uma estilista famosa pode gerar muita repercussão no seu mercado. Fazer um post para homenageá-la pode ser interessante, mas não será o momento mais adequado para promover a loja ou o produto.

6. Use diferentes formatos

Não fique preso apenas a textos, links e imagens. Explore GIFs, vídeos e tudo mais que a rede social pode oferecer. Por exemplo, enquetes, hashtags (#), arrobas (@) para marcar outro perfil, carrossel de imagens, lojas para viabilizar uma compra mais rápida e assim por diante. A dica é testar os diferentes formatos da criação de conteúdo para redes sociais, analisar a sua repercussão e usar o que mais traz engajamento para o público.

Gostou de descobrir mais sobre a criação de conteúdo para redes sociais? A dica é seguir lendo sobre as particularidades de cada rede social. Temos posts sobre cada uma delas: Facebook, Instagram, Twitter, Pinterest e YouTube. Confira!

Leia mais

Artigo anterior

6 tendências das redes sociais para e-commerce de 2018

Leia mais

Próximo artigo

Aumente sua autoconfiança para abrir uma loja virtual

Deixe seu comentário