Blog da Loja Integrada

9 pilares de uma estratégia de marketing de conteúdo

O marketing de conteúdo é a estratégia orgânica ideal para engajar o público de uma marca e aumentar a quantidade de clientes — incluindo os potenciais — por meio da produção de material relevante.

Trata-se de um passo importante para construir e solidificar a marca. Ele cria uma ponte entre ela e quem tem condições e disponibilidade para consumir seus produtos e serviços, além de melhorar o relacionamento entre ambos.

No entanto, o marketing de conteúdo requer nove pilares e nós os listamos a seguir. Confira e garanta-os em sua estratégia!

1. Saber com quem está falando

Identificar o público é o pilar básico de uma estratégia de marketing de conteúdo, pois contribui para uma eficiente comunicação entre marca e cliente.

Quando se sabe com quem está falando, torna-se mais fácil identificar a linguagem certa para entregar as mensagens.

No entanto, isso requer um trabalho de pesquisa e entrevista com os clientes que têm o perfil ideal — os mesmos que representam o grupo maior.

2. Receber apoio de todos para a estratégia

Outro pilar da estratégia de marketing de conteúdo está no apoio recebido por todos os setores e profissionais da empresa.

Cada um conhece, de maneira única, o cliente, a marca e os seus produtos. Essas diferentes visões enriquecem o processo!

Quanto mais cedo todos forem envolvidos na estratégia de marketing de conteúdo, maior será o seu potencial de sucesso.

3. Entender o contexto do negócio

Para que a estratégia de marketing de conteúdo funcione, faz-se necessário saber qual é o objetivo por trás dela, a situação atual do negócio e o modo como está o mercado.

Também é importante ter um planejamento para viabilizar a estratégia, definindo o tempo e os recursos necessários.

Esse pilar ainda requer conhecimento e ferramentas para medir e analisar todas as ações, a fim de traçar as datas para o cronograma.

4. Rever os canais para divulgar o marketing de conteúdo

Essa estratégia deve ser vista como oportunidade para rever os canais de divulgação da marca. Ter o conteúdo no lugar certo é uma meta a ser cumprida!

Sendo assim, a definição deve ocorrer a partir do estudo do público-alvo. Cada canal tem suas vantagens e particularidades.

Entenda as necessidades, as expectativas, os problemas e os apelos dos clientes para aproveitar, da melhor maneira, a multiplicidade de canais e dispositivos.

5. Criar mecanismos para envolver o cliente

O público está no centro da estratégia de marketing de conteúdo, portanto, tudo deve ser feito para envolver, capacitar e influenciar.

É nesse sentido que as ações serão criadas a partir de conteúdos que têm potencial para serem consumidos pelos clientes, priorizando as narrativas com maior impacto.

Um público jovem e divertido, por exemplo, pode ser engajado com mais facilidade por memes e conteúdos engraçados do que outro que seja mais sério e formal.

6. Ir a fundo nos conteúdos

Em marketing de conteúdo, ir a fundo é uma excelente estratégia!

Informações em doses menores são eficazes porque o público assimila com mais facilidade. E, dependendo do canal, melhor ainda.

O Twitter, por exemplo, possui um limite na quantidade de caracteres por post. Já o Instagram é mais visual, enquanto o Facebook estimula compartilhamentos e comentários.

7. Montar seu calendário editorial

O planejamento é fundamental para o sucesso da estratégia de marketing de conteúdo. Por isso, o calendário editorial merece total atenção.

Esse calendário deve contemplar a periodicidade das publicações, a divulgação em redes sociais e os conteúdos que serão feitos no futuro.

Outro ponto relevante é a frente de material pronto, pois não é recomendado iniciar esse trabalho sem conteúdo suficiente para menos de um mês.

8. Construir páginas com potencial para motores de busca

De nada adiantará produzir material de marketing de conteúdo se não há maneiras de o cliente encontrá-lo.

Garanta que as páginas do site sejam amigáveis com os motores de busca, ou seja, que possuam otimizações como SEO, Google Adwords e baixo tempo de carregamento.

Construa páginas alinhadas com as práticas do Google para que elas figurem entre os primeiros resultados das pesquisas dos clientes.

9. Acompanhar os resultados

Como está a evolução do trabalho? Esse acompanhamento é básico em uma estratégia de marketing de conteúdo.

Siga o planejamento e estabeleça indicadores de desempenho para ver se o objetivo está mais próximo ou distante de ser alcançado.

Quando você não estrutura estes pilares de uma estratégia de marketing de conteúdo, acaba utilizando recursos de maneira pouco inteligente — produzindo material para ninguém e deixando de alcançar potenciais clientes.

Para estruturar sua estratégia de marketing de conteúdo, confira nosso guia com o passo a passo desse processo.

Leia mais

Artigo anterior

COVID-19: Como agências de marketing digital podem ajudar lojistas nesse momento

Parabéns, agora você pode por em prática tudo que aprendeu!

Deixe seu comentário