Blog da Loja Integrada
tendências de ecommerce 2019

Acompanhe 6 tendências de e-commerce em 2019!

Uma boa prática para ser adotada por empreendedores de qualquer ramo é ficar de olho nas tendências de e-commerce. Para ajudá-los a se atualizar (e se preparar), no texto de hoje, trouxemos as 6 tendências de e-commerce em 2019. Confira!

Por que é importante ficar de olho nas tendências?

Por definição, tendências apontam para um cenário provável. Quem está de olho nelas, pode se adiantar e preparar a sua empresa para a nova realidade que está por vir. É claro que as tendências variam conforme a região em que se atua, pois cada localidade tem suas particularidades econômicas, políticas e sociais.

No entanto, é importante estar antenado de forma global, especialmente quando falamos de negócios online. Afinal, o mundo está cada vez mais conectado. Além disso, uma tendência que surge nos Estados Unidos, por exemplo, pode levar um tempo para se consolidar lá e, depois, se estabelecer aqui no Brasil. O empreendedor que acompanha o mercado pode se preparar com calma para o momento em que a novidade chegar às terras brasileiras ou, quem sabe, até mesmo ser um pioneiro no país, sendo o responsável por implementar a tendência ele mesmo!

As 6 tendências de e-commerce em 2019

Confira abaixo algumas tendências de e-commerce que podem influenciar os negócios neste ano!

1. Caixas de assinatura

Os boxes de assinatura — como clube de livros, clube de vinhos, clube de cervejas, coletivos de artigos artesanais etc. — trazem dois tipos de comodidade para o cliente:

  • Escolha – Eles não precisam pesquisar por produtos, pois sempre recebem o que há de melhor para o seu perfil.
  • Compra – Eles não precisam repetir o processo de compra. Os produtos são entregues periodicamente em suas casas.

Por isso, essa é uma tendência que deve ficar no radar dos empreendedores em 2019 e que já vem ganhando cada vez mais espaço.

2. Atendimento 24/7

Uma das diferenças (e vantagens) das lojas online em comparação com as lojas físicas é a possibilidade e facilidade de oferecer atendimento 24 horas por dia e 7 dias na semana.

Certamente, isso fica muito caro se considerarmos os encargos trabalhistas de funcionários para esta função. Por isso, o uso de chatbots deve ser a saída. Saiba tudo sobre essa tecnologia no texto Chatbots para e-commerce: conheça essa ferramenta!

3 .Pop-up store

Pop-up stores são lojas que têm data de abertura e fechamento previamente definidas. Elas são ótimas para aumentar a quantidade de pessoas que conhecem a marca numa determinada localidade e/ou para fazer uma ação específica para uma data comemorativa.

Devido ao tempo reduzido, os custos da loja física também são menores. Uma ótima sacada de marketing, as pop-up stores serão uma das tendências de e-commerce para este ano.

3. Entregas no mesmo dia

As entregas no mesmo dia são desafiadoras em termos de logística. No entanto, é um recurso extremamente cômodo para os clientes.

Uma saída para os lojistas é usar estratégias de estoque como o drop shipping — no qual você utiliza o estoque do fornecedor e o mesmo realiza as entregas — ou estoque descentralizado — no qual o estoque da loja é distribuído em várias localidades.

Saiba quais são os tipos de estoque no texto Gestão de estoque no e-commerce: como fazer?

4. Vídeo

Em janeiro de 2018, 85% dos usuários brasileiros consumiram conteúdo em vídeo, segundo dados do Statista. Umas das tendências de e-commerce é que este número seja ainda maior em 2019.

Se você quer entrar nesta onda, confira 4 formas de trabalhar com vídeos em loja virtual e se aprofunde ainda mais no tema com nosso eBook grátis Vídeo marketing para loja virtual: explore essa tendência!

5. Marketplace

Em 2017, 53,6% das lojas que participaram do estudo Vender em marketplaces: diagnóstico e tendências no Brasil da Olist vendiam em marketplace. Já na pesquisa de 2018, esse número saltou para 75,4%, sendo que outros 22,8% disseram que não usam o modelo, mas que pretendem em breve.

Dessa forma, o marketplace é uma das tendências de e-commerce a ser considerada pelos lojistas online.

6. Personalização da experiência do usuário

Já abordamos bastante o conceito e a importância de caprichar na experiência do usuário. Para 2019, a ideia deve ir um pouco mais além e tentar dar personalização ao processo.

Ou seja, além de oferecer uma experiência excelente, é interessante adotar medidas simples como chamar o cliente pelo nome nas comunicações, incluir brindes nos pacotes, caprichar na embalagem, investir no unboxing, entre outras. O mais importante é sempre tentar superar as expectativas.

Gostou do texto de hoje? Já que estamos falando em preparar a loja virtual da melhor forma para 2019, sugerimos que você siga com as seguintes leituras:

Leia mais
Dicas de Como vender mais na páscoa

Artigo anterior

7 ideias para preparar sua loja virtual para a Páscoa!

Leia mais
dicas de gestão de fluxo de caixa loja integrada

Próximo artigo

Como fazer uma gestão de fluxo de caixa eficiente?

Deixe seu comentário