Blog da Loja Integrada
criar um ecommerce pra loja física

Como criar um ecommerce pra loja física?

Criar um ecommerce pra loja física é mais uma forma de ampliar suas vendas e ter muito mais resultados no seu negócio. Descubra como fazer isso.

A transformação digital já era crescente antes da pandemia de covid-19. Com o isolamento e distanciamento social, o comércio varejista teve que se reinventar e buscar formas de continuar oferecendo seus produtos, sem que o cliente precisasse sair de casa. Com isso, a solução para muitos foi criar um ecommerce pra loja física.

Mas é normal ter dúvidas sobre essa ampliação ou transição. Será que realmente vale a pena abrir uma loja online para quem já possui uma loja física? Neste post, você vai entender mais sobre isso. Confira nossas dicas!

Como sei se vale a pena criar um ecommerce pra loja física?

Se você já tem uma linha de produtos validada, fluxo de caixa e de clientes, já é um grande sinal de que você pode dar o próximo passo, escolher uma boa plataforma e criar a sua loja virtual.

Além disso, se você der uma olhada nos números do ecommerce no Brasil, também entenderá que há grandes perspectivas para as vendas online. De acordo com a 44ª edição do Webshoppers, relatório sobre comércio eletrônico da Ebit/Nielsen, o ecommerce bateu recorde de vendas no primeiro semestre de 2021.

O número alcançou R$ 53,4 bilhões, registrando um crescimento de 31% em relação ao mesmo período do ano anterior. O crescimento foi impulsionado pelo aumento de 22% no ticket médio e de 7% no número de pedidos.

Esses dados comprovam que vale muito a pena criar um ecommerce pra loja física. Inclusive, quem ainda não vende online, certamente pode estar perdendo espaço para a concorrência.

abrir loja virtual

Principais vantagens de ter uma loja virtual

Se você ainda não se convenceu, confira algumas vantagens das vendas online.

Loja aberta 24 horas por dia, todos os dias

Você não precisará se preocupar com o horário de funcionamento do seu ecommerce, pois ela fica aberta 24 horas por dia, 7 dias por semana, sem que você precise estar presente a cada minuto em que ela estiver funcionando.

Ou seja, o ecommerce pode atender a quem trabalha em horário comercial e não pode (ou não quer) ir à loja física, por exemplo.

Maior alcance de público

Ao contrário de um ponto comercial, o ecommerce não precisa ficar limitado apenas a consumidores locais. Esse modelo de negócio pode atrair pessoas de diversos lugares do mundo. Isso faz com que seus produtos fiquem em uma vitrine muito maior.

Infraestrutura pré-estabelecida

Abrir e gerenciar um ecommerce não exige que você seja especialista em tecnologia. Hoje em dia, há diversas facilidades e recursos disponíveis.

Com uma plataforma como a Loja Integrada, por exemplo, o processo é prático e rápido. Você conta com várias integrações com outras ferramentas e serviços, além de gerenciar tudo por meio de um painel intuitivo.

Ou seja, você pode ter uma loja virtual completa — e com a sua cara — de um jeito bem simples.

Como abrir um ecommerce pra loja física: 3 dicas práticas

Se você ainda está com dúvidas ou se perguntando por onde começar, vamos dar algumas dicas.

1. Comece devagar

Primeiro, você não precisa investir um orçamento grande para criar sua plataforma online. Procure uma solução que ofereça planos acessíveis e vários recursos.

A Loja Integrada, por exemplo, possui um plano gratuito, que permite o cadastro de até 50 produtos e um alcance de até 5 mil visitas por mês. Você pode ir migrando de plano conforme sua oferta for crescendo e você ter segurança para atender a demandas maiores.

2. Divulgue sem estresse

Para a divulgação, uma ideia é começar com marketing de conteúdo e redes sociais, que possuem custo financeiro zero ou baixo (no caso de anúncios).

Para não ter uma sobrecarga de tarefas, crie uma programação que caiba na sua agenda e limite a quantidade de canais iniciais, pois você também deverá prestar atendimento neles. Por exemplo, escolha apenas uma rede social que mais tem a ver com a marca e o público, ampliando a seleção com o tempo.

3. Tenha um estoque compartilhado

Para facilitar a gestão de estoque, você pode optar por ter um estoque compartilhado com sua loja física. Assim, você terá mais controle inicial, sem precisar aumentar tanto a quantidade de produtos.

Isso também possibilita vincular os dois modelos de comércio e oferecer mais benefícios para seus clientes — como permitir a compra online e a retirada direto na loja física, agilizando a entrega e economizando no frete.

Passo a passo para criar sua loja online na Loja Integrada

Agora que você já sabe as vantagens de abrir um ecommerce pra loja física, que tal aprender o passo a passo e começar hoje mesmo? Afinal, montar sua loja online aqui é tão rápido quanto fazer miojo.

➡️ Crie a loja online: o cadastro é rápido e simples.

➡️ Insira produtos: agora é hora de inserir os produtos que você vai vender e detalhes como fotos, preços e descrição.

➡️ Configure: defina meios de pagamento, envio, domínio etc.

➡️ Personalize: escolha um dos temas prontos, se desejar, e deixe tudo com a sua cara.

➡️ Domínio: configure e comece a usar seu site para vender.

Pronto, sua loja está pronta para ser lançada. E se você precisar de suporte, a Loja Integrada oferece diversos recursos, integrações, parcerias e o apoio de uma comunidade. Além, é claro, de vários materiais informativos e educativos aqui no blog da LI para você aprender e aperfeiçoar seu ecommerce.

Ainda na dúvida? Conheça alguns dos nossos casos de sucesso para se inspirar!

Leia mais
Como recuperar venda de carrinho abandonado

Artigo anterior

Como recuperar venda de carrinho abandonado: ferramentas pra turbinar seu ecommerce

Leia mais
últimos ajustes para black friday

Próximo artigo

Últimos ajustes pra Black Friday: como o tema pode atrair mais clientes?

Deixe seu comentário