Blog da Loja Integrada
resultados da Loja Integrada e de mercado

Como organizar seu negócio para iniciar 2021?

Já chegamos em Janeiro e já passou da hora de você planejar como será o ano para o seu negócio. É hora de pensar na organização dos processos do dia a dia e criar estratégias que impulsionem as vendas para que esteja com energias renovadas e um bom plano de vendas. 

A organização interna dos processos de gestão diz muito sobre o negócio e sobre o empreendedor. Para que os setores permaneçam integrados, utilizar um sistema de gestão online e em nuvem é fundamental, já que o mundo mudou, e a gestão deve poder ser feita remotamente, de qualquer lugar e de qualquer dispositivo. A partir disso, o empreendedor pode acessar o controle financeiro, estoque, logístico com facilidade, já que a tecnologia cloud computing ou armazenamento de dados em nuvem  possibilita que toda informação fique devidamente guardada sem ocupar espaço no computador.

Portanto, a dica principal para organizar o seu negócio e iniciar 2021 com as ferramentas de tecnologia à disposição, é utilizar um ERP para conectar as áreas da empresa e criar uma gestão unificada em um sistema, fazendo o lojista estar atualizado desde a organização do estoque, previsão de compras e vendas, controle de fluxo de caixa emissão de notas fiscais e até boletos. Tudo podendo ser acompanhado em tempo real também através de dispositivos móveis, o que torna o trabalho mais intuitivo e facilitado. 

Presença online: aposte em múltiplos canais de venda

É hora de fortalecer os canais de venda online. Marcar presença digital é cada vez mais importante para os negócios de e-commerce e para que isso aconteça, o empreendedor pode contar com algumas dicas e cuidados a fim de otimizar os processos e ganhar força nas suas operações online. A praticidade de poder escolher por produtos no conforto de casa, ou na hora do intervalo do trabalho através do seu smartphone, pelo mobile, é sem dúvida uma tendência que veio para ficar. 

Para criar estratégias assertivas estude o seu público, conheça o seu cliente e disponha a ele conteúdo sobre assuntos de interesse da sua marca. Vale também pensar em estratégias para ir ao encontro do cliente nos canais de venda, sejam marketplaces de nicho ou abrangentes. 

Vender em múltiplos canais é uma forma de garantir mais visibilidade. Os marketplaces são grandes vitrines virtuais onde os varejistas podem vender seus produtos e o consumidor chega de forma mais rápida. Para isso utilize um ERP para fazer a integração da sua loja virtual. A integração com marketplaces ajuda no crescimento do seu negócio, já que é possível atingir um público diversificado e diferentes nichos de mercado. 

Experiência de compra para vender mais 

Se tratando de um consumidor que passou por uma verdadeira transformação no ano de 2020, o lojista precisa estar atento às tendências de consumo e hábitos para acompanhar o mercado. O preço do produto não é mais o único atrativo para finalizar vendas, é preciso entregar bom atendimento, opções de pagamento e entrega rápida. É mais sobre a experiência do que sobre a compra em si. O e-commerce apresenta tantas opções ao consumidor, que se a jornada for ruim com determinado lojista ou em determinado canal, ele não será um cliente recorrente. Ao passo que o contrário também é válido: quando a experiência de compra é boa, o consumidor passa a acompanhar o canal de vendas e fazer outras compras sem ressalvas. 

Vale lembrar que o consumidor está cada vez mais interessado no que as marcas são e fazem, antes de finalizar o pedido. Por isso, ferramentas para estreitar as relações com o consumidor, como redes sociais, remarketing, newsletter, são tão interessantes para gerar conversões em vendas no futuro. 

No que diz respeito a logística é importante dar opções variadas quanto a formas de pagamento e entregas expressas, mesmo com custo adicional. Além disso, tenha parceria com as mais variadas bandeiras de cartão de crédito, é bom oferecer a opção de pagamento no débito, crédito, boleto e também no Pix. 

A jornada de consumo é um processo longo, que inicia no impacto do consumidor pelo marketing da marca e vai até o relacionamento do pós venda. O cenário atual do varejo eletrônico no Brasil analisa o perfil de um e-consumidor exigente, que faz pesquisa de preços e compara benefícios, como promoções, brindes e frete grátis ou entrega rápida. Por isso, é tão importante manter uma gestão automatizada para que a equipe possa trabalhar com mais tempo para pensar em estratégias inteligentes de vendas e vale sempre estar atento às transformações e tendências do mercado de e-commerce para ter retorno nas operações online. 

Leia mais

Artigo anterior

Vender em múltiplos canais: saiba como manter o controle da operação

Leia mais

Próximo artigo

Sincronização de estoque para vender em múltiplos canais

Deixe seu comentário