Conheça 4 tendências do e-commerce para 2018

Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Pin on Pinterest0Share on LinkedIn0
Tempo de Leitura: 3 minutos

Mais um final de ano chegou e um novo ciclo se aproxima. Para os lojistas, é hora de planejar o ano que está por vir. Para isso, além de olhar para os números da própria loja e os objetivos que se espera atingir, é interessante observar quais serão as tendências de e-commerce para 2018. Vamos lá?

O mercado de tecnologia

Como o mercado de e-commerce está inserido no de tecnologia, vale a pena analisar quais são as projeções para ele. A pesquisa Midyear Global Tech Market Outlook for 2017 to 2018 da Forrester Research revelou que, em termos globais, o mercado de tecnologia deve crescer 4% em 2018, o que representa um aumento de 3 bilhões de dólares. Além disso, o investimento somente em tecnologias de CRM, e-commerce e analytics crescerá 28%. Ou seja, mais uma vez, as tendências de trabalhar com tecnologia são promissoras.

As 4 tendências do e-commerce para 2018

Tendo analisado o mercado de forma macro e constatado que o setor de tecnologia seguirá apresentando um cenário próspero, é hora de focar nas lojas online e analisar quais são as 4 tendências de e-commerce para 2018.

1. Uso de dados

Big data, data-driven e outros termos com a palavra “data”: você deve estar ouvindo-os cada vez mais por aí e isso só comprova a importância que os dados estão ganhando nas estratégias de marketing de um número crescente de empresas. Por isso, essa é uma das principais tendências de e-commerce para 2018.

Usar dados no e-commerce significa que nenhuma ação de marketing poderá deixar de ser medida, que todas as medições gerarão conhecimento sobre o consumidor e que, por fim, este conhecimento servirá para retroalimentar o processo. Em outras palavras, as medições farão o lojista conhecer melhor o seu consumidor e este conhecimento deverá ser aplicado nas próximas estratégias de marketing para garantir um sucesso ainda maior.

2. Mobile

Já não é novidade para ninguém o fato de que cada vez mais consumidores estão usando telas mobile para conectar-se. Por isso, o uso da aplicação mobile em lojas online é uma das tendências de e-commerce para 2018. O problema é que quando este tema é abordado, é comum que os lojistas pensem somente em sites responsivos para atender a esta demanda. No entanto, há muito mais para ser explorado no universo mobile voltado ao comércio eletrônico. Confira como aumentar o lucro com vendas mobile no seu e-commerce.

3. Foco no engajamento

Em 2018, engajar clientes será ainda mais importante. As lojas desenvolverão a percepção de que é necessário falar com o cliente não só no momento da compra, mas também antes e após ela. Como? Desenvolvendo conteúdos relevantes capazes de manter os clientes por perto. Dessa forma, quando eles precisarem de algum dos produtos da loja, a mesma já estará presente na sua memória.

Além disso, após a realização da compra, é importante seguir com um trabalho de fidelização do cliente. Lembre-se: clientes fiéis não só continuam comprando na loja como a defendem e recomendam para seus conhecidos. Saiba mais sobre como fidelizá-los lendo o texto 8 técnicas de fidelização de clientes para loja virtual.

4. Foco na experiência do usuário

Oferecer uma boa experiência do usuário está entre as tendências de e-commerce para 2018 e pode ser a que mais dará trabalho para os lojistas. Isso porque ela engloba as atividades de praticamente todos os setores de operação da loja. Oferecer uma boa experiência do usuário é olhar para todas as interações dele com a marca e buscar aquilo que melhor atende às suas demandas.

Antes da compra, é importante analisar de que forma se pode gerar relacionamento com o cliente. Durante a compra, é hora de olhar para a usabilidade e navegabilidade da loja, se os produtos atendem o que o cliente precisa, se o preço é condizente, se as formas de pagamento e entrega lhe proporcionarão uma boa experiência. Após a compra, é o momento de ter o cuidado de perguntar sua opinião sobre o processo de compra, enviar um cartão de agradecimento e seguir se relacionando com ele.

Enfim, oferecer uma boa experiência de compra dá trabalho, mas é recompensador. Um cliente que passou por isso, certamente desejará passar de novo.

Após estar ciente das tendências de e-commerce para 2018, sugerimos que, para seguir com o seu planejamento do próximo ano, você faça o download do e-book Feche o ano no azul: planejamento anual para seu e-commerce. Confira!

Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Pin on Pinterest0Share on LinkedIn0