Cuidado com as métricas da vaidade no seu e-commerce

Share on Facebook140Tweet about this on TwitterShare on Google+0Pin on Pinterest0Share on LinkedIn0
Tempo de Leitura: 3 minutos

Para saber se o seu negócio está indo bem ou se os seus esforços de marketing estão dando retorno, é importante medir as suas ações. Para isso, existem várias métricas possíveis de serem utilizadas. No entanto, é importante tomar cuidado com um tipo delas: as métricas de vaidade.

O que são as métricas de vaidade?

métricas da vaidade

Como o nome sugere, são métricas que valorizam a “popularidade” ou “aparência” da loja, mas que não necessariamente ajudam a tomar decisões ou refletem a saúde do negócio. São muito atraentes e levam alguns lojistas a focarem tanto nelas que esquecem de métricas mais importantes. Dessa forma, ficam sem ter uma noção exata de como está o seu negócio.

Não queremos dizer que as métricas de vaidade precisam ser ignoradas, mas sim que devem ser avaliadas com cuidado. Uma grande quantidade de curtidas ou likes em uma postagem na rede social é interessante, fica bonito no relatório e anima qualquer lojista. No entanto, se pararmos para pensar na quantidade de leads que esses likes trouxeram, perceberemos como as métricas de vaidade podem ser enganosas. Dessa forma, podemos observar que as métricas de vaidade são boas para fazer o lojista sentir-se bem, mas não ajudam necessariamente a tomar decisões nem a verificar se está próximo do seu objetivo.

Exemplos de métricas de vaidade

métricas da vaidade

Exemplos sempre são ótimos para melhorar a compreensão sobre um tema. Por isso, separamos alguns sobre as métricas de vaidade. Confira!

Quantidade de curtidas e likes nas redes sociais

Dos likes que os posts nas redes sociais recebem, quantos convertem em compra? Quantos curtiram por causa da foto e quantos curtiram por causa da marca ou do produto? Ou seja, quantos estão engajados? Essa métrica é muito atraente, mas não ajuda a responder a essas e outras questões.

Quantidade de visitas

A quantidade de visitas, por si só, não quer dizer nada. Uma empresa pode ter 1.000 visitas num dia e um pedido de compra e outra pode ter 700 visitas num dia e 10 pedidos de compra. Imagino que você prefira estar no segundo caso, certo? É preciso avaliar essa métrica dentro de um cenário de conversão.

Número de seguidores numa rede social

É legal ter vários seguidores, mas quantas empresas têm milhares de seguidores e nem tanto sucesso nos seus negócios?

Cliques

Essa é uma métrica clássica. Muitos lojistas consideram importante ter uma grande quantidade de cliques em seus botões de ação, nos links nas redes sociais ou nos e-mails marketing. No entanto, se você não tiver um objetivo para estes cliques, a quantidade deles será irrelevante.

A sede por essa métrica é o que leva muitas empresas a praticarem o chamado clickbait. Em tradução literal, uma isca de cliques. Ou seja, chamadas incríveis que prometem algo muito atraente, conseguem fazer com que o internauta clique no link, mas acabam frustrando-o, pois a página de destino não possui um conteúdo muito interessante ou relevante. Fica o questionamento: vale a pena ter muitos cliques e muita frustração?

Existem mais exemplos de métricas de vaidade, mas, para resumir, se uma métrica é atraente e/ou chamativa, não revela a saúde do seu negócio e/ou a efetividade das suas ações nem demonstra se você está próximo do seu objetivo, essa é uma métrica de vaidade.

Métricas de vaidade podem ser úteis?

métricas da vaidade

É preciso reforçar que as métricas de vaidade não devem ser deixadas de lado. Apenas devemos tomar cuidado ao acompanhá-las, para que não dediquemos mais energia a elas do que merecem.

Na realidade, as métricas de vaidade podem ser bastante úteis para compor métricas mais importantes. Por exemplo, Opt-In Conversion Rate ou Taxa de cadastros em uma newsletter é uma métrica que deve ser monitorada com atenção, pois reflete a realidade da loja e ajuda na tomada de decisão. Ela é calculada da seguinte forma: (quantidade de cadastros/quantidade de visitas) * 1. Somente a quantidade de visitas é uma métrica de vaidade. No entanto, sem ela não é possível acompanhar a Taxa de cadastros.

Agora que já falamos bastante sobre as métricas que precisam de cuidado ao serem analisadas, saiba mais sobre as 5 métricas úteis do e-commerce para ficar de olho.

Share on Facebook140Tweet about this on TwitterShare on Google+0Pin on Pinterest0Share on LinkedIn0