Blog da Loja Integrada

Dia do Frete Grátis: resultados de 2018 são um guia para ajudar seu e-commerce a aproveitar melhor a data

O que sua empresa fez para estimular as vendas no Dia do Frete Grátis, que rolou no dia 28 de abril? Se seu e-commerce planejou campanhas especiais para o evento, vocês são uma exceção. Isso porque, infelizmente, muitas empresas não aderiram à data e o resultado foi desastroso: os sites registraram queda no volume de vendas.

Mas calma! A gente sempre pode aprender com os erros. Pensando nisso, convidamos o pessoal da Social Miner para comentar os principais resultados do Dia do Frete Grátis de 2018, que analisamos, também em parceria com a Neomove.

Dessa forma, pretendemos te ajudar no planejamento das próximas datas comemorativas. Boa leitura!

 

Comparativo semanal

Aqui, na Social Miner, nós contamos com uma base de e-commerces mista, que engloba tanto grandes quanto médios e pequenos negócios.

Comparando o volume de vendas dessas empresas no fim de semana do Frete Grátis (sexta, sábado e domingo) com os valores registrados no mesmo período da semana anterior, identificamos um aumento no volume de visitas de 14,07%. No entanto, as vendas caíram 13,5%. Já de acordo com os dados da Loja Integrada, essa queda passa para 17,52%.

Isso mostra que, apesar de ter acessado os sites, os usuários não encontraram ofertas ou vantagens que os estimulassem a converter a compra durante evento. Ou seja, isso é um alerta para que o mercado não permita que a data perca o valor e caia no esquecimento dos consumidores.

Variação 2017 – 2018

Como vimos, o Dia do Frete Grátis não refletiu um aumento nas vendas. Pelo contrário: este ano a data apresentou uma queda de 42% nas vendas em relação a 2017.

No entanto, isso não é de todo negativo. Nossa dica aqui é enxergar esse momento como uma oportunidade de se destacar no mercado: uma vez que os sites têm ignorado o potencial do Dia do Frete Grátis para impulsionar sua vendas, isso significa menos concorrência.

Vendas e visitas hora a hora

Os e-commerces cadastrados na nossa base registraram picos de acesso e conversão na sexta-feira – o que já é comum para o mercado online. No entanto, o evento do Dia do Frete Grátis ocorreu no sábado. Ou seja, mesmo com o evento, que deveria ser atrativo, os consumidores não engajaram nos sites, finalizando compras.

Nesse cenário, a melhor alternativa é antecipar ou estender as vantagens que seriam oferecidas no site para outros dias da semana, incluindo as datas que já registram altos picos de acesso. Seria um estímulo a mais para que os visitantes convertessem a compra.

No entanto, se esta ação não for possível, as marcas podem aproveitar os melhores dias de acesso às suas páginas para se comunicar com os visitantes, informando sobre as ofertas que serão lançadas exclusivamente nas datas especiais, como no Dia do Frete Grátis.

Agora, quando falamos dos usuários já cadastrados, com os quais sua marca mantém relacionamento via redes sociais, mensagens ou email, o ideal é usar esses canais de comunicação para “esquentar” a base. Isto é, criar uma expectativa para as condições  especiais que estão planejando para o evento.

Um exemplo: os visitantes que acessaram o seu site na sexta-feira, visitando várias páginas de produtos sem comprar nada. Apesar de não converter, essas pessoas demonstraram interessados nas ofertas. Levando isso em consideração, sua marca poderia segmentar esse público e enviar mensagens automáticas avisando que alguns dos produtos que eles gostaram estarão com o frete grátis no dia seguinte. Como essas pessoas, mesmo engajadas, não converteram, você aumentaria suas chances de venda num segundo momento.

Aumento relativo nas vendas, por estado

Quando observamos os e-commerces localizados nas regiões Norte e Centro-oeste, identificamos um aumento de até 20% no volume de vendas durante o Dia do Frete Grátis. Além disso, segundo o levantamento da Neomove, o ticket médio dos consumidores dessas regiões aumentou expressivamente na data: o valor médio das compras subiu 40,2% no Norte, 41% do Centro-oeste e 57% no Nordeste.

Considerando que grande parte dos centros de distribuição de produtos das empresas se concentram nas regiões sul (25%) e sudeste (58%) do país, podemos concluir que as vantagens no frete implicam diretamente no valor da entrega de mercadorias mais pesadas – como eletrodomésticos, itens automotivos, eletrônicos, entre outros.

Isso explica porque o evento se torna um fator determinante na decisão de compra dos consumidores que residem nas regiões mais afastadas destes centros de distribuição.

Levando estes dados em consideração, é possível segmentar seu público e entregar campanhas com vantagens de frete focadas nessas regiões, aumentando as chances de conversão.

E aí, acha que pode aproveitar essas dicas para vender mais nos próximos eventos? Conta com a gente!

Leia mais

Artigo anterior

Saiba como fazer parcerias com influenciadores digitais

Leia mais

Próximo artigo

5 dicas para garantir uma boa experiência de compra e continuar vendendo durante a greve dos caminhoneiros

Deixe seu comentário