Blog da Loja Integrada
marketing de conteúdo para ecommerce

4 dicas de marketing de conteúdo pra arrasar em 2021 (e depois)

Conheça as principais tendências do marketing de conteúdo em 2021 e crie uma estratégia incrível!

Os últimos anos nos ensinaram que o marketing de conteúdo está sempre mudando — e cada vez mais rápido. É por isso que é sempre importante ficar de olho nas principais tendências do momento.

O marketing de conteúdo tem o poder de gerar leads qualificados, melhorar o relacionamento com seu público e aumentar as vendas do seu ecommerce. Mas, pra isso, a sua estratégia de marketing deve estar atualizada e preparada.

A boa notícia é que você está no lugar certo pra entender mais sobre isso. Abaixo, separamos dicas de marketing de conteúdo alinhadas ao cenário de 2021. Quer saber quais são? Confira!

4 dicas de marketing pra arrasar desde já

1. O conteúdo de qualidade vale muito mais

Você não é a única pessoa oferecendo seus produtos na internet — nem a única fazendo marketing de conteúdo em 2021. A essa altura, os usuários estão navegando num oceano de conteúdo, e eles vão escolher aquele que:

  1. Primeiro, chamar mais a sua atenção. Afinal, são muitos estímulos na internet;
  2. Gerar uma identificação pessoal: com a variedade de opções, as pessoas estão mais seletivas, escolhendo aquilo que faz sentido para elas. Se não fizer, ela voltam a navegar até serem atraídas pro outro conteúdo;
  3. Trouxer valor pra suas vidas: depois de acharem um conteúdo que se alinhe com o que elas gostam e/ou desejam, é hora de avaliar como aquilo pode ser usado e aplicado em suas vidas.

Se você estiver oferecendo conteúdo genérico, é menos provável que os consumidores estejam dispostos a engajar, interagir, oferecer dados pessoais ou depositar confiança na sua marca. 

Você pode se fazer algumas perguntas pra entender melhor como criar seu conteúdo 🤔

Como meu produto afeta as vidas dos consumidores a longo prazo? Quais são as principais dores, preocupações ou necessidades que o meu produto se propõe a solucionar? Quais são os valores da marca e como eles se relacionam com o meu público? 

2. O conteúdo em vídeo continua dominando a área

Os vídeos são muito eficazes para transmitir a mensagem da sua marca. As pessoas são altamente visuais, e muitos consumidores preferem consumir informações na forma de um vídeo de 2 a 3 minutos do que ler um texto.

Quando a HubSpot conduziu uma pesquisa sobre marketing de vídeo, eles descobriram que 54% dos consumidores gostariam de ver vídeos das marcas que amam

Isso mostra que, se sua marca ainda não utiliza marketing de vídeo, pode ser um bom momento pra começar. Os vídeos são fáceis de consumir e mantêm o seu público envolvido. Além disso, podem ser publicados em diferentes locais e para propósitos variados: um tutorial na página do produto da sua loja, um unboxing (aquele momento em que o cliente abre a tão esperada encomenda) no Reels do Instagram e por aí vai… 

3. Os consumidores preferem conteúdo personalizado

A personalização já era uma tendência do marketing de conteúdo e continuará assim em 2021. Mas apenas usar o primeiro nome dos clientes nos emails enviados pode não ser o suficiente pra melhorar a experiência de compra.

Se você quer direcionar mais tráfego e aumentar as conversões, você precisa saber o que seus clientes desejam.

É aqui que o conceito de hiperpersonalização entra em jogo. A hiperpersonalização é o uso dos dados dos visitantes da web para oferecer uma experiência ainda mais personalizada. 

Com os dados, você pode criar emails, popups, vitrines e outros conteúdos personalizados de acordo com as preferências do seu público.

Por exemplo, se um de seus visitantes abandonou o carrinho, você pode enviar um email de acompanhamento após algumas horas para lembrá-lo de concluir o processo de compra. 

Ah! Mas já que estamos falando de dados, é importante conhecer e seguir a Lei de proteção de dados pessoais.

4. A autoridade no tópico é de extrema importância

Os algoritmos dos mecanismos de pesquisa dão muita ênfase à experiência, confiabilidade e autoridade quando se trata de classificar sites na página de resultados.

Isso tem a ver com a profundidade de conhecimento que a página demonstra quando se trata de uma área ou assunto específico. Em outras palavras, você fornece informações relevantes e de qualidade aos seus consumidores, o que pode ajudar a ganhar a sua confiança.

Se outros sites considerarem seu conteúdo valioso, eles podem usá-lo como referência e, por sua vez, você ganhará backlinks — outro fator importante de classificação de SEO —, que nada mais são do links em outros sites que direcionam o usuário pra a sua página.

O marketing está mudando junto com o mundo. Pra garantir seu sucesso, é preciso se organizar para se alinhar às tendências, sem perder a sua autenticidade, é claro. Que tal saber mais no post 9 pilares de uma estratégia de marketing de conteúdo?

Leia mais
parcerias no ecommerce (1)

Artigo anterior

Parcerias no ecommerce: como criar relações vantajosas pra todo mundo

Leia mais
É obrigatório fazer SEO para ecommerce

Próximo artigo

É obrigatório fazer SEO para ecommerce?

Deixe seu comentário