Blog da Loja Integrada

E-commerce de nicho: encontre seu lugar ideal!

Com o alto nível de concorrência no mercado online, o e-commerce de nicho tem se mostrado uma excelente opção para se destacar. É uma oportunidade para oferecer algo novo aos consumidores e explorar áreas comerciais diferentes. Confira tudo sobre o tema (e sobre tubarões) no texto de hoje!

O que os tubarões têm a ver com o e-commerce de nicho?

Você já ouviu falar da estratégia do Oceano Azul? Ela está descrita no livro A estratégia do oceano azul: como criar novos mercados e tornar a concorrência irrelevante de W. Chan Kim e Renée Mauborgne. Os autores fazem uma analogia entre o oceano e o mundo dos negócios.

Funciona assim: imagine um espaço do oceano onde há muitos tubarões competindo por comida e, consequentemente, muitas brigas entre eles. Naturalmente, há muito sangue gerado por essas batalhas, o que torna o oceano vermelho. Por outro lado, o espaço do oceano sem tantos tubarões brigando entre si é azul e tranquilo.

Agora traga esta analogia para o mundo dos negócios. O oceano vermelho é um espaço em que há muita competição entre os comerciantes — diferente do oceano azul, no qual as empresas podem operar com mais tranquilidade e sem tanta competição.

A ideia do e-commerce de nicho é justamente, buscar oceanos mais azuis.

É comum vermos grandes marcas que vendem todo e qualquer tipo de produto. Por exemplo, o Submarino ou a Amazon, que vendem desde livros até eletrônicos, passando por roupas e ferramentas. São lojas bastante amplas e abrangentes. A proposta do e-commerce de nicho, entretanto, é focar em produtos ou públicos bem específicos.

Exemplos de e-commerce de nicho

Para ilustrar a explicação sobre o que é um e-commerce de nicho, vamos dar alguns exemplos:

1. Meu Game Usado
Em vez de vender videogames, de uma forma geral, a aposta do Meu Game Usado é oferecer jogos e consoles de segunda mão.
Conheça a história de sucesso desta loja virtual no case Empreendedor de Sucesso da Loja Integrada traz dicas para vender mais.

2. Adsive Shop
Outro exemplo de e-commerce de nicho é a AdsiveShop, que poderia ser uma loja de artigos de decoração, mas preferiu focar em adesivos e pôsteres.

3. Só Portas e Janelas
O próprio nome já diz tudo, não é mesmo? A loja se concentra em vender apenas portas e janelas.

4. Studio Geek
Já a Studio Geek optou por fazer o direcionamento de sua marca não com base no produto, mas com base no público. Então, eles vendem roupas, canecas, acessórios e artigos de decoração que têm tudo a ver com os geeks (fãs de filmes, livros, séries de TV, quadrinhos, tecnologia, jogos etc.).

5. Villa Noiva
Já a Villa Noiva focou tanto no produto quanto no público. A loja tem como público principal as noivas e vende vestidos para um momento muito específico: o casamento civil. Genial, não?
A Villa Noiva tem uma história muito bacana que contamos no Case de sucesso Loja Integrada: Villa Noiva. Confira!

4 vantagens de ter um e-commerce de nicho

Agora que você já entendeu do que se trata o e-commerce de nicho, pode estar se perguntando qual é a vantagem e por que tantas empresas estão atrás dessa estratégia. Algumas delas são:

1. Ambiente menos competitivo
Haverá menos tubarões — quer dizer, lojas, marcas e empresas — competindo pela atenção do seu público. Isso ajuda a marca a ganhar destaque no mercado.

2. Especialização
Direcionando seus esforços para um único tipo de produto e/ou de público, você conseguirá se tornar um especialista naquele ramo. É importante deixar isso bem claro para o cliente. Dessa forma, ele verá ainda mais valor na sua empresa.

3. Fidelidade
Um cliente que vê mais valor na sua empresa tem grandes chances de se tornar um cliente fiel, que sempre volta para mais compras.

4. Economia de estoque
Independentemente do tipo de estoque que você adote na sua empresa, não precisará manter tantas opções disponíveis. Logo, a sua gestão de estoque pode ser mais simples.

E tem alguma desvantagem?
Sim, você poderá enfrentar dificuldades comuns a todo tipo de negócio. Porém, vale a pena mencionar um ponto que pode ser desafiador no e-commerce de nicho: o número de clientes e de vendas pode ser menor ou seu negócio pode demorar mais para deslanchar.

Por isso, vale a pena investir em divulgação, visibilidade, marketing de conteúdo, parcerias com influenciadores digitais etc. Assim, você poderá apresentar o seu diferencial e mostrar aos consumidores o que a sua marca tem para oferecer.

Como identificar um nicho e escolher um para investir?

Se você quer atuar num nicho, mas não sabe como, confira as 4 dicas que listamos abaixo e, no próximo tópico, veja algumas sugestões para se inspirar.

1. Foque em paixões
Imagine que tipo de paixões as pessoas têm e que podem ser transformados em produtos/serviços.

2. Foque no perfil
Considere grupos que não têm uma grande oferta de produtos direcionado para eles.

3. Foque em produtos difíceis de achar
Há certos produtos/serviços que não possuem uma oferta alta no mercado (ou nem mesmo são ofertados).

4. Observe a sua proposta de valor
Para garantir que a escolha do seu nicho agrega valor ao seu negócio, observe a sua proposta de valor. Que tipo de nicho ela poderia atender? Se ainda não definiu uma para a sua empresa, leia o texto Como definir uma proposição de valor para e-commerce.

Sugestões de e-commerce de nicho

Para você que quer algumas ideias para se inspirar, confira nossa lista:

• Universo Geek;
• Times de futebol;
• Viajantes e mochileiros;
• Moda Plus Size;
• Público LGBT+;
• Público trans;
• Público com alguma doença, transtorno ou deficiência física ou mental;
• Público com intolerâncias ou alergias alimentares, como lactose, glúten etc.;
• Público de uma religião específica, como umbandistas, evangélicos etc.;
• Cosméticos masculinos;
• Produtos típicos de um país específico;
• Produtos de marcas de difícil acesso na sua região;
• Produtos de outra época, como brinquedos antigos;
• Produtos veganos;
• Produtos sustentáveis;
• Produtos naturais;
• Terapias e medicinas alternativas;
• Acessórios específicos, como chapéu, luvas, brincos, pulseiras, meias, relógios etc;
• Produtos para um tipo específico de pet, só para gatos ou só para pássaros, por exemplo;
• Produtos para a prática de um determinado esporte;
• Produtos para um determinado profissional, como dentista, fotógrafo, pequeno empreendedor, esteticista, fisioterapeuta etc.
• Produtos para um determinado hobby, como bordar, desenhar ou pintar.

Num e-commerce de nicho, um dos maiores pontos de atenção deve ser a variedade e os tipos de produtos que você vai oferecer. Por isso, nossa sugestão de próxima leitura é o texto Como montar um mix de produtos ideal para seu negócio online.

Leia mais

Artigo anterior

Como fazer um balanço patrimonial de e-commerce

Leia mais

Próximo artigo

Armazenamento para e-commerce: Como melhorar sua operação

Deixe seu comentário