Blog da Loja Integrada
É obrigatório fazer SEO para ecommerce

É obrigatório fazer SEO para ecommerce?

Os motivos são os mais diversos, e vamos falar sobre eles nesse conteúdo. Acredite, com algumas adaptações e aplicações de estratégias de SEO, você pode fazer com que seu ecommerce apareça entre os primeiros resultados de buscadores no Google. Além de refletir diretamente no número de acessos do site e, consequentemente, nas vendas.

Quer saber mais sobre estratégias de SEO? Continue a leitura!

Você realmente sabe o que é SEO?

Agora que você já sabe que é obrigatório trabalhar nas estratégias de SEO para ecommerce, vamos falar sobre a teoria dessa ferramenta. 

Em primeiro lugar, é importante falar que a sigla SEO em português significa “Search Engine Optimization” ou “Search Engine Optimization”.

No começo, as estratégias de SEO focavam em agradar apenas robôs de mecanismo de busca. Naquela época, os robôs não eram tão desenvolvidos e métodos simples como Black Hat (tradução livre “chapéu preto”) podiam facilmente enganá-los. 

Gradualmente, os fatores de classificação do mecanismo de pesquisa foram forçados a evoluir e, como resultado, eles começaram a reconhecer essas estratégias ruins.

Essa evolução visa proporcionar sempre os melhores resultados para o que se busca. Portanto, além de punir quem tenta enganar os buscadores, a atualização do algoritmo visa valorizar sites que proporcionem uma boa experiência ao usuário – por exemplo, bom conteúdo e boa navegação.

Então, este deve ser o foco principal das empresas que desejam realizar SEO em seus sites: foco nos usuários, não apenas nos mecanismos de busca.

Você sabe o que isso significa na prática? Forneça conteúdo de alta qualidade, layouts bonitos e práticos e algumas outras ações que você verá ao longo do artigo.

Prestar atenção a esses detalhes mostrará aos mecanismos de pesquisa e aos usuários que sua empresa está comprometida em fornecer a melhor experiência, assim você tem uma chance maior de aparecer no Google.

Importância do SEO para ecommerce

O marketing de busca é uma das principais características do marketing digital. Portanto, está diretamente relacionado às necessidades da ecommerce. Sendo assim, sem uma boa classificação no Google, o sucesso no e-commerce é inimaginável.

Quando a origem da visita a uma ecommerce vem da busca orgânica (o primeiro resultado em um mecanismo de busca), significa que você está fazendo um bom trabalho de SEO para ecommerce que vai atrair usuários. O resultado é o aumento das vendas porque o tráfego está mais qualificado e pronto para realizar determinadas ações, como a compra de produtos.

Sendo assim, as estratégias de SEO aplicadas no ecommerce ganharam espaço importante no planejamento de negócios. Grande atenção deve ser dada à estrutura que a tecnologia proporciona para o ecommerce, pois afeta diretamente o resultado das vendas.

Mas, é válido destacar que ter um bom posicionamento nas primeiras páginas dos mecanismos de busca é algo que demanda tempo, trabalho e paciência. Não será do dia pra noite que sua loja se posicionará nas primeiras páginas do Google.

Vantagens do SEO para ecommerce

Agora que entendemos o que é SEO e a importância de adotar essas técnicas de otimização em seu ecommerce, é hora de falar sobre seus principais benefícios. Abaixo, veja as principais vantagens do SEO para ecommerce:

Tráfego orgânico

Colocando em prática todas as técnicas de SEO para ecommerce, o objetivo principal será ser relevante para o usuário e assim ocupar o primeiro lugar na busca orgânica.

O tempo médio para iniciar uma visita orgânica ao seu site dependerá do seu esforço. Porém, é possível verificar o significativo impacto financeiro de sua empresa, pois a aplicação de técnicas de SEO afeta diretamente as vendas.

Quanto mais usuários vierem à sua loja de forma orgânica, mais qualificadas serão essas pessoas. Desta forma, seus custos de aquisição de clientes (CAC) terão um maior retorno sobre o investimento.

De modo geral, visitas orgânicas têm grandes impactos em seu negócio, já que as possibilidades de vendas são maiores.

Aprenda como atrair pessoas pra sua loja virtual

Sua ecommerce ganha credibilidade

Os usuários têm a sensação de que quanto melhor for a localização do site, maior será a relevância. Em suma, a primeira posição pode, em última análise, confirmar que sua empresa tem uma grande reputação no mercado.

Se pensarmos logicamente, esse sentimento acaba sendo concreto, pois o mecanismo analisa a importância da empresa para os usuários e como a otimiza. Isso mostra que o site coloca a experiência do usuário em primeiro lugar e, em seguida, otimiza para os robôs desses motores.

Além disso, tempo de navegação, conteúdo significativo, boa descrição e carregamento rápido são os pontos-chave que a empresa busca oferecer. 

Obviamente, não são apenas esses pontos que afetam o posicionamento do Google. De acordo com especialistas, existem cerca de 200 fatores que afetam a classificação da página.

Com isso, você já pode imaginar a dimensão do desafio e o quão reconfortante é ver seu site no primeiro resultado. Portanto, se você fizer um bom trabalho na estratégia de SEO e o público reconhecer isso, o mecanismo pode recompensar seu site.

Otimização para ecommerce

Mostraremos como aplicar algumas técnicas em seu próprio e-commerce para garantir a otimização do mecanismo de busca.

1. Tenha títulos únicos e intuitivos para cada página

Um título bem elaborado não é tudo, mas é a metade da maneira como seus clientes clicam e entram em seu site. Do ponto de vista do cliente, pergunte-se “Como eles procuram por este produto?”. Tente ser o mais descritivo possível. Com isso em mente, preste atenção aos seguintes aspectos do SEO de comércio eletrônico:

  • Descreva o conteúdo da página;
  • Crie uma tag de título exclusiva para cada página. Em outras palavras, não invente dois títulos idênticos para produtos diferentes;
  • Use títulos descritivos e curtos.

2. Elabore uma meta tag description

Você sabe o que é uma meta tag description? Vamos te explicar de forma simples.

A meta description resume sua página e fornece mais informações para seus clientes. Portanto, para otimizar a tag de meta descrição, tente resumir o conteúdo da página como uma postagem no Twitter. Ah! Assim como o título, também está aqui: use uma descrição única para cada página.

3.Crie uma boa estrutura de urls

Use palavras, não números, no URL. Isso é importante para uma melhor indexação do Google e pesquisa de clientes. Além disso, URLs com poucos ou nenhum número terão uma aparência mais “amigável”.

Outra coisa: certifique-se de que o URL está indexado ao seu domínio, não ao provedor. Se você realizar boas práticas de SEO, mas vincular seu domínio a um provedor, fornecerá pontos apenas para aquele domínio, não para seu ecommerce.

Mais uma vez: não repita o URL. Isso não fará com que o Google e outros mecanismos de pesquisa indexem mais sua loja.

4. Tenha um site com navegação fácil

Crie uma boa árvore de marketing para o seu site. Considere categorias, subcategorias, etc. Torne a navegação do seu e-commerce lógica, natural e tranquila e proporcione aos seus consumidores uma boa experiência de compra.

Conclusão: não é obrigatório, mas…

Fazer SEO não é obrigatório, mas se você deseja sucesso consistente e mais vendas qualificadas, pode apostar nessa estratégia.

Agora que você sabe como construir uma loja virtual, tem todas as ferramentas para colocar seu ecommerce em uma boa posição nas buscas. Mas é importante lembrar que esse processo exige muito trabalho, conteúdo bem produzido, tempo, paciência e uma equipe pronta para executar.


Ainda tem dúvidas ou deseja saber mais sobre a estratégia de SEO para ecommerce? Entre em contato com quem pode ajudar.

Leia mais
marketing de conteúdo para ecommerce

Artigo anterior

4 dicas de marketing de conteúdo pra arrasar em 2021 (e depois)

Leia mais
teste me poupe

Próximo artigo

Faça o teste Me Poupe! e descubra se a sua loja virtual está pagando o salário que você merece

Deixe seu comentário