Aumentar as vendas em um ecommerce de Casa e Decoração pode ser desafiador. Mas algumas dicas podem te ajudar nisso. Confira!

Ainda que já se tenha conquistado um bom número de clientes, alcançar mais consumidores e mercados faz parte da jornada de qualquer negócio. Por isso, aumentar as vendas em um ecommerce de Casa e Decoração é uma das maiores preocupações de quem atua nesse ramo.

Não existe uma regra clara e única que determine o caminho a se seguir. Afinal, cada negócio terá suas particularidades. Uma loja virtual bem estruturada, aliada à venda de produtos de qualidade, é essencial. Mas existem outras estratégias importantes para adotar e, neste post, trazemos 8 dicas incríveis que vão ajudar a aumentar as vendas em um ecommerce de Casa e Decoração.

Como aumentar as vendas em um ecommerce de Casa e Decoração

1. Selecione os produtos certos

O primeiro passo é ter cuidado especial com a qualidade e a seleção dos seus produtos. Afinal, isso terá impacto direto na reputação do seu negócio e na satisfação dos clientes. E, claro, não se esqueça de fazer parcerias com bons fornecedores.

Tenha atenção às novidades e tendências do setor. Para isso, você pode utilizar ferramentas como o Google Trends e ficar por dentro dos interesses do seu público-alvo.  

Além disso, lembre-se da flutuação de vendas durante o ano, escolhendo produtos que garantam as vendas mensais, e outros mais sazonais, que podem gerar um pico de vendas em um determinado momento, levantando o faturamento. Por exemplo, velas decorativas podem ter saída o ano todo, mas velas vermelhas ou em formatos de flores podem ter mais procura perto do Dia dos Namorados.

Dessa maneira, você consegue escolher produtos promissores e que ajudam a aumentar as vendas em um ecommerce de Casa e Decoração. 

2. Divulgue opiniões e depoimentos

Utilize ferramentas online que permitam ou solicitem a avaliação dos seus clientes sobre os seus produtos ou serviços. Essas plataformas ajudam a aumentar a confiança no seu negócio, estimulando a venda para novos visitantes. Depoimentos também podem ser ótimos para ampliar o alcance da sua marca.

Além disso, essas análises mostram que a sua empresa valoriza o feedback dos consumidores. No ramo de Casa e Decoração, em que é comum a venda de produtos de maior valor — como móveis, quadros ou peças exclusivas — essa estratégia pode ser um grande diferencial para que o consumidor feche a compra.

3. Invista nas suas fotos

Ao fotografar o seu produto, não se contente com apenas uma imagem. Faça várias tomadas, de vários ângulos, e ofereça muitos detalhes e informações visuais aos seus clientes.

Qualidade, iluminação, montagem e espaço são importantes para valorizar os seus produtos no mundo online. Ainda mais no nicho de Casa e Decoração, em que a parte visual é essencial. Por exemplo, uma imagem de um tapete em um ambiente decorado e com móveis pode dar ao visitante da sua loja tanto a perspectiva de tamanho, quanto ideias de como e onde posicionar aquele tapete.

Além disso, a oferta é muito grande na internet, e é muito fácil procurar outro site que ofereça imagens com mais nitidez, qualidade e detalhes dos produtos.Junto com as descrições, as fotos farão o papel dos vendedores e ajudarão a aumentar as vendas em um ecommerce de Casa e Decoração.

4. Otimize os processos internos e comerciais

Esse item pode até parecer não estar relacionado com as vendas, porém, pode ser decisivo para determinar o sucesso da sua loja virtual.

Isso acontece porque a organização e otimização dessas atividades liberam mais tempo e recursos para você focar nas estratégias de vendas. O uso de ferramentas de ERP (Enterprise Resource Planning, ou Planejamento de Recursos Empresariais) e diversos outros aplicativos para ecommerce podem te ajudar — e muito!

5. Monitore a jornada do cliente

A jornada do cliente é o caminho que ele percorre desde o primeiro acesso ao site até a conclusão da compra. Existem ferramentas que ajudam a acompanhar essa jornada e, usando esses dados, é possível oferecer conteúdos relevantes para os interesses em potencial de cada cliente.

Por exemplo, se um visitante ainda está na fase de aprendizado e descoberta, um post no Instagram com dicas de organização de home office pode ser ideal para capturar sua atenção e querer saber mais. Vamos falar mais sobre isso nos tópicos a seguir…

6. Aplique o marketing de conteúdo

Uma vez que o empreendedor conhece a jornada do cliente, é muito importante aplicar o marketing de conteúdo. Disponibilizar conteúdo relevante sobre o seu nicho ajuda a criar um relacionamento com o seu visitante desde o primeiro contato, incentivando o aumento das vendas em um ecommerce de Casa e Decoração.

Com base em métricas e dados — como os do Google Analytics —, você consegue saber o que o seu visitante está buscando. E se ele ainda não está preparado para uma compra, oferecer conteúdo de qualidade faz com que ele crie admiração pela sua marca e te enxergue como referência. Essa estratégia vai preparar este consumidor até ele estar pronto para adquirir seus produtos.

Por exemplo, você pode criar posts com dicas de decoração em redes sociais para os consumidores que ainda estão no topo do funil de vendas, vídeos tutoriais de como montar um móvel no YouTube para aqueles que já estão pensando em comprar produtos ou materiais educativos sobre como cuidar bem daquela peça artesanal que o cliente adquiriu.

7. Invista em tráfego pago

Quando aplicamos a estratégia de tráfego pago, ou seja, anúncios, podemos criar campanhas segmentadas para diferentes públicos, de acordo com as suas necessidades ou desejos. E a empresa terá esse conhecimento baseado nas análises dos dados referentes à jornada do cliente.Para aumentar as vendas em um ecommerce de Casa e Decoração, você pode investir em campanhas diversas, de acordo com seu objetivo e seu público: seja anúncios em redes sociais, no Google Merchant ou em outros canais.

8. Valorize o pós-venda

A maioria das lojas possuem estratégias que param no momento da venda. Porém, o pós-venda é uma excelente maneira de estreitar os laços e fidelizar os clientes. Esse é o momento de agradecer a preferência e solicitar um feedback a respeito do seu produto ou serviço prestado.

Existe também o caso dos clientes que não fecham a venda. Se existe um diálogo após esse momento, às vezes, é possível reverter essa decisão ou incentivar uma compra no futuro. Essa estratégia pode diferenciar a sua empresa e ajudar a aumentar as vendas em um ecommerce de Casa e Decoração.

Gostou das dicas? Preparamos um material super completo com tudo o que você precisa saber para um ecommerce de Casa e Decoração!

Preencha o formulário aqui embaixo e receba o material no seu email!


administrator

Comunicóloga, especialista em marketing digital, que descobriu no ecommerce um mundo a ser explorado!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *