Blog da Loja Integrada

Fulfillment: saiba como isto está mudando o perfil das lojas virtuais

Espaço para o seu estoque já está virando um problema na rotina da sua loja virtual? Seu estoque não cabe mais na sala, no quarto, ou na garagem, e você está ficando desesperado com a quantidade de processos operacionais? Muita calma nesta hora, o fulfillment pode te ajudar a melhorar sua logística para os pequenos processos de sua loja para que possa focar no core bussiness do seu e-commerce.

O que é FULFILLMENT?

É uma palavra um pouco estranha, e até mesmo difícil de se pronunciar, mas Fulfillment é termo utilizado na logística que engloba todos os processos off-line do dia a dia de um e-commerce, o que realmente acontece que os clientes não veem, rola muita mão na massa, muita transpiração para que o produto chegue no cliente final da melhor maneira possível e impossível.

Agora imagina você ter que parar metade do seu dia, separando, embalando, indo aos correios, esperando transportadoras. Perder mais que 4 horas por dia todo dia, é deixar de focar no seu core business e fazer algo que não é sua atividade fim.

O processo de fulfillment se inicia após o pedido ser emitido pelo consumidor e em geral termina na entrega do produto ao cliente final. Até aí não é nenhuma novidade certo? O cliente faz a compra em uma loja virtual, o pedido é processado, e separado, embalado, identificado, expedido e então entregue ao cliente.

Então não há nada de novo no Fulfillment?

Ai é que você se engana o cenário em que o fulfillment tem se tornado um agente estratégico é no modelo de logística compartilhada, o empreendedor digital entendeu que já não faz sentido modelo tradicional de alugar um espaço, adquirir ativos, contratar colaboradores e então ter que ratear todos estes custos para ver se de alguma maneira o negócio continua viável.

Nesta nova era de economia compartilhada o Fulfillment consiste em terceirizar todos o processo, o empreendedor contrata um plano com a área e número de pedidos que vai processar por mês e paga sob demanda. Além de infinitamente mais barato em relação ao modelo tradicional gerando uma economia de até 50% o empreendedor digital ainda conta com serviços adicionais como inventário permanente do estoque, gerenciamento de seus itens com controle de validade e lotes, além de todo processamento de seus pedidos remotamente podendo dedicar-se a atividades que gerem mais receitas.

O que muda é que agora o mercado de PME, consegue ter a mesma eficácia que um lojista GRANDE tem, pois há no mercado empresas que fazem Fulfillment direcionadas apenas ao PME com isto o empreendedor torna-se um mais um gestor do que executor e de quebra ainda economiza dinheiro que pode ser reinvestido em marketing digital e acelerar ainda mais as vendas ou em outras estratégias que façam mais sentido para sua loja virtual.

Nos próximos artigos, vamos falar de forma individual sobre cada processo do Fulfillment, para que você lojista, fique expert neste tema.

Acompanhe no nosso blog a coluna da Edilene Loiola da SouLog nas próximas semanas.

Autora:
Edilene Loiola – CEO da Soulog
www.soulogistica.com.br 
Leia mais

Artigo anterior

5 vantagens ao integrar seu e-commerce com um ERP

Leia mais

Próximo artigo

SEO para e-commerce: Saiba como destacar sua loja nos principais buscadores

Deixe seu comentário