Blog da Loja Integrada

Não caia no spam! Confira como melhorar a entrega de e-mail marketing

Desenvolver a entregabilidade é fundamental para ter resultados expressivos na comunicação com o público

Já parou para pensar em tudo que acontece na internet em um minuto?¹ Os usuários do Facebook carregam 147 mil fotos; o Twitter ganha 319 novas contas; no Instagram, são postadas 347.222 stories; e os criadores do YouTube enviam 500 horas de vídeo. 

Quando olhamos especificamente para a caixa de entrada, mais de 281 bilhões de e-mails por dia² são enviados, o que representa algo em torno de 150 milhões de e-mails por minuto. Como não ser só mais uma gota nesse oceano e ter uma entrega de e-mail marketing efetiva? 

É por isso que, mais do que mandar e-mails bem montados e interessantes, o lojista precisa estar atento à entregabilidade de suas campanhas. Esta capacidade de entregar e-mails na caixa de entrada garante mais aberturas, cliques e conversões, passando longe da temida pasta de spam. 

Aqui neste artigo, vamos tirar as principais dúvidas sobre o assunto e ainda mostrar 6 dicas para melhorar sua entrega de e-mail marketing. Vamos lá?

Entrega e entregabilidade têm diferença? 

Essa é uma confusão bastante comum, mas fácil de evitar. O termo entrega se refere ao “aceite” do provedor de e-mail, sem devolução da mensagem por erro permanente ao tentar entregá-la (chamamos de hard bounce). Por outro lado, entregabilidade é a taxa de e-mails que chega efetivamente à caixa de entrada dos clientes. 

Boa reputação é indispensável 

A entregabilidade está diretamente associada à reputação do remetente e do Email Service Provider (ESP), a ferramenta de envio de e-mail para seus clientes. Na prática, isso quer dizer que os provedores de e-mail (Gmail, Hotmail, Outlook, Yahoo!, entre outros) analisam suas práticas constantemente por métricas como taxa de abertura, cliques, marcações de spam e não-spam, e-mails excluídos sem serem lidos, quando o usuário pede para se descadastrar e em casos de hard bounces. 

A partir disso, os provedores entendem quem são os remetentes e servidores que enviam e-mail marketing de qualidade, desejado pelo cliente. Eles reconhecem sua boa reputação e elevam as chances de entrega na caixa de entrada em longo prazo. Assim, fica claro que desenvolver a entregabilidade é fundamental para um negócio que deseja ter sólidos resultados com e-mail marketing. 

Iniciativas essenciais para entrega na caixa de entrada 

Autenticações, frequência adequada de envios, segmentação e relevância estão entre as estratégias mais eficientes para que sua mensagem não caia na caixa de spam, como você confere a seguir: 

  1. Verifique as autenticações do seu domínio 

As autenticações são mecanismos que os provedores avaliam para checar se o remetente é legítimo e confiável. Estas autenticações são configuradas no DNS do seu domínio, que fica normalmente hospedado no provedor onde o seu site funciona. 

Há o mecanismo SPF, sigla em inglês para “Sender Policy Framework”, por onde os provedores podem consultar o DNS do domínio do remetente e verificar se foi autorizado que determinado IP envie e-mails em seu nome. Já o DKIM, “DomainKeys Identified Mail”, é uma autenticação utilizada para reduzir o volume de spam e phishing na rede. 

No caso dos e-commerces, é comum que o DNS seja gerenciado pela sua plataforma. Então, se tiver dúvidas, não deixe de esclarecê-las com seu parceiro. 

  • Defina uma programação de envios e cumpra-a

Ser consistente em suas ações de e-mail marketing não é só bom para os clientes, que se mantêm atualizados, mas é particularmente importante para os provedores. Isso porque eles entendem que uma audiência se engaja com uma marca quando recebe conteúdo periodicamente, mas sem excessos. 

E-mail marketing, assim como outras linhas de comunicação, não pode ser enviado “apenas quando der tempo”. A frequência semanal de envios recomendada para e-commerces, é de 3 campanhas por semana, considerando as listas inteiras de contatos ativos como destinatários. Mas também se lembre das campanhas adicionais que podem ser enviadas para segmentos mais específicos, como os baseados em interações recentes de cliques em links específicos, ou mesmo baseadas em comportamento anterior de compra.

Busque incluir estas campanhas segmentadas adicionais em seu Planejamento Mensal, a medida que sua maturidade com o e-mail marketing for evoluindo.

  • Segmente seus contatos

Envie campanhas com menos frequência para aqueles contatos que raramente abrem seus e-mails, pois as baixas taxas de abertura podem afetar negativamente a entregabilidade. 

Monte uma estratégia de reengajamento com uma oferta especial para aqueles contatos que têm ignorado os últimos e-mails. Incentive-os a responder sua ação para que voltem para a sua lista ativa.

  • Preste muita atenção aos links em seus e-mails 

Os filtros de spam das caixas de e-mail estão cada vez mais avançados. Eles se encarregam de “escanear” o e-mail que você enviou antes de entregá-lo ao destinatário, verificando a presença de irregularidades. Um dos fatores que pode afetar a avaliação do seu e-mail é a presença de links: se os links levarem a sites não confiáveis ​​ou contiverem erros, isso afetará a reputação de forma negativa.

Avalie, também, se vale a pena encurtar os links. Os spammers gostam de encurtar os links como um modo de ocultar o endereço da web para o qual um botão está encaminhando o usuário. Assim, os filtros de spam não vêem com bons olhos essa prática, e por isso nós não a recomendamos. 

  • Não se esqueça do link de descadastro 

Se você está tentando diminuir a taxa de cancelamentos ao não adicionar ou ocultar o link de cancelamento, você está fazendo uma escolha errada e até ilegal do ponto de vista da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD). Não faz sentido ter uma lista cheia de pessoas que não leem seus e-mails e ainda podem denunciá-lo como spam. Por isso, permita que o descadastro seja fácil e intuitivo.

  • Aumente sua base sem comprar listas

Essa dica complementa o nosso tópico anterior. Parece a maneira mais fácil de ampliar seu banco de dados, mas comprar uma lista de e-mails é sempre uma escolha ruim! Os endereços nunca são de qualidade nem verificados. Uma lista de terceiros fará sua taxa de rejeição disparar, mas, acima de tudo, afundará a sua reputação, inclusive podendo ser enquadrada em sanções previstas na LGPD. 

Mais algumas dicas rápidas de entrega de e-mail marketing 

  • Use o domínio da sua empresa no e-mail do remetente e um nome que facilmente identifique a marca;
  • Peça aos destinatários para adicionarem o seu endereço de e-mail às suas listas de endereços confiáveis, para que os seus conteúdos cheguem com segurança na caixa de entrada; 
  • Não se esqueça do mobile! Pense suas campanhas para que tenham um design responsivo; 
  • Mantenha um equilíbrio entre texto e imagens (pelo menos 30% de texto) e  sempre fatie as imagens em pequenas para carregar a peça mais facilmente;
  • Não se esqueça do Teste A/B! Analise regularmente o conteúdo e as estatísticas de suas campanhas. Defina novas estratégias com base no desempenho anterior, otimizando o resultado de modo constante.

Por fim, mas não menos importante: contrate uma boa ferramenta de e-mail marketing. É essa plataforma que será responsável pela higienização automática, com análise dos e-mails que retornam como hard bounce, gerenciando corretamente os pedidos de opt-out (descadastro) e até oferecendo IPs dedicados.

Além disso, é importante que sua ferramenta de e-mail marketing possa ajudar na definição das estratégias adequadas a aplicar no seu negócio. Pense nisso!

Ficou interessado em melhorar os resultados do seu negócio com boas práticas de e-mail marketing? Conheça a Mailbiz, parceira da Loja Integrada. 

__________________________________________________________________

Referências: 

[1] https://www.domo.com/learn/data-never-sleeps-8 

[2] https://br.noticias.yahoo.com/quantos-e-mails-s%C3%A3o-enviados-154333487.html 

— 

Leia mais

Artigo anterior

Saiba como indexar site no Google usando o Search Console

Parabéns, agora você pode por em prática tudo que aprendeu!

Deixe seu comentário