Blog da Loja Integrada

Newsletter para e-commerce: como ela pode ajudar?

Newsletter para e-commerce é uma das estratégias mais utilizadas no marketing de conteúdo, pois investe na relação com o cliente em vez de demonstrar uma intenção clara de venda. Além disso, como qualquer outro meio de comunicação, a newsletter possui identidade visual, linha editorial e planejamento próprios. Dessa forma, esse recurso colabora para que a taxa de conversão de leads aumente em sua loja virtual.

Newsletter para e-commerce e e-mail marketing são a mesma coisa?

Não. Observe as diferenças na tabela abaixo.

Newsletter para e-commerce

Qual é a importância da newsletter para e-commerce?

O maior benefício da newsletter é aumentar o relacionamento da marca com o público. Além disso, como trata-se de uma ferramenta com mais planejamento e assertividade, envia-se o melhor conteúdo para o perfil de cliente que assina a newsletter, o que resulta em melhores taxas de abertura e clique.

7 dicas de newsletter para e-commerce 

Para extrair todo o potencial que a newsletter pode oferecer e colaborar, efetivamente, com os objetivos do marketing da loja virtual, confira as 7 dicas que separamos abaixo.

1. Não envie spam

Spam são e-mails indesejados. Muitas empresas compram listas de mailings e disparam a mesma mensagem para uma grande quantidade de pessoas sem se preocupar se elas querem receber aquela mensagem. Isso é tão inconveniente que, atualmente, os provedores de e-mails possuem mecanismos para identificar esse tipo de mensagem e bani-las. Com isso, e-mails futuros cairão direto na caixa de spam do internauta e ele saberá que determinada empresa realiza tal prática. Além de conseguir uma taxa de abertura baixa, você conquistará o desagrado do cliente. Para não ser spam:

  • Não compre mailings;
  • Cadastre na lista de envio apenas os clientes que solicitarem o registro;
  • Ofereça conteúdo de qualidade e relevante;
  • Invista em um layout atraente.

2. Conheça o seu cliente e segmente a sua base de e-mails

No momento do cadastro da newsletter, inclua um ou dois campos para identificar o perfil do cliente – por exemplo, se sua loja virtual é de moda, forneça uma lista de opções e peça que ele marque as que mais o interessam, como roupas, maquiagem, calçados, consultoria etc. Além disso, vale cruzar as informações que você tem sobre ele em compras já realizadas. Dessa forma, você pode segmentar a sua base e enviar e-mails muito assertivos. Se o cliente marcou consultoria de moda como uma opção, você poderá enviar conteúdos especificamente sobre esse tema.

3. A primeira impressão é a que fica…

Frases chamativas, inserção do nome do cliente e/ou de emojis são ótimas sugestões para títulos atraentes.

4. …mas a última também é importante

Use o nome de remetente e a assinatura de um colaborador real da empresa. Além disso, em vez do notreply@nomedaloja.com.br, insira um e-mail de remetente por meio do qual o cliente possa comunicar-se com a empresa, caso queira. Afinal, queremos relacionamento, certo?

5. Teste

Faça testes de frequência de envio (semanal, quinzenal ou mensal), de horário e tipo de conteúdo (texto, cases, depoimentos/reviews de clientes, links, imagens, vídeos e/ou GIFs) para saber o que funciona melhor para o seu público.

6. Meça

Para saber se os objetivos estão sendo alcançados, acompanhe as métricas que mais fizerem sentido. Por exemplo, taxa de abertura, taxa de rejeição e quantidade de acessos na loja após a leitura da newsletter.

7. Facilite o descadastro

Caso o cliente decida descadastrar-se da lista, ele deve conseguir fazer isso de forma rápida e prática. Do contrário, você terá um potencial cliente insatisfeito.

Agora que você já sabe que a newsletter é uma ferramenta importante para construir relacionamento com o cliente, confira como montar uma central de atendimento eficiente para a sua loja.

Leia mais

Artigo anterior

Produtos de destaque para sua loja virtual

Leia mais

Próximo artigo

A importância da embalagem no e-commerce

Deixe seu comentário