Blog da Loja Integrada

O que é Featured Snippet? Dicas para se destacar!

Estar em destaque nos resultados de busca do maior mecanismo de pesquisa do mundo é o objetivo de qualquer site. Neste post, vamos abordar uma nova forma de se destacar no Google: o Featured Snippet. Venha descobrir o que é, para que serve e como usá-lo a seu favor.

O que é Featured Snippet?

Faça um teste: pesquise por algo no Google. Pode ser por uma dúvida que você tenha sobre qualquer assunto. Por exemplo, “Como escrever data em inglês”. Em vez de aparecer apenas a tradicional lista de links de sites relevantes para a sua questão, teremos como resultado um parágrafo, uma lista ou uma tabela em destaque, com o conteúdo resumido extraído de uma página. Isso é o que chamamos de Featured Snippet, ou posição zero!

Trata-se de um resultado de pesquisa exibido em primeiro lugar, acima dos links tradicionais, e em formato diferenciado, o que, naturalmente, chama mais atenção.

Por que existe o Featured Snippet?

O objetivo do Google é ajudar o usuário. O mobile first index, uma metodologia do Google que prioriza a versão móvel dos sites para posicioná-los nos resultados de pesquisa, serve para ajudar o usuário a ter uma experiência melhor no mobile. Os resultados são ordenados de acordo com sua maior probabilidade de responder à pesquisa do usuário. No caso do Featured Snippet, a lógica é a mesma. Quando um usuário quer solucionar uma dúvida, a ideia é que ele obtenha a sua resposta de forma rápida, simples e direta, sem precisar clicar em nenhum link.

Qual é a vantagem de aparecer nesta posição da pesquisa do Google?

A empresa que consegue estar no Featured Snippet usufrui de três vantagens:

1. Estar listado no primeiro resultado.
O Featured Snippet é o primeiro dos resultados de pesquisa. Ele aparece antes de tudo. Antes de todos os links dos resultados da pesquisa.

2. Mais tráfego.
Estar na primeira posição significa mais potencial de tráfego para o site porque os usuários acessam, geralmente, os 5 ou 6 primeiros links dos resultados das buscas.

3. Ser visto como referência.
Além disso, como o Featured Snippet tem o objetivo de responder a uma questão do usuário, estar nele coloca o site numa posição de referência no tema em questão. E, atualmente, todo mundo quer ser visto como referência no segmento que atua.

Como aumentar as chances de estar no Featured Snippet?

Há certas ações que podem aumentar as chances de ganhar esse destaque. É importante reforçar que executá-las não garante que o site seja colocado no Featured Snippet, pois é o próprio Google quem cria esse recurso. No entanto, é importante atentar-se a elas, pois podem aumentar suas chances.

Confira o passo a passo:

1. Elabore as perguntas
Se o objetivo do Featured Snippet é responder a perguntas, então ofereça posts e conteúdos que respondam a perguntas. Coloque-se no lugar do usuário e faça uma pesquisa de questões que o seu público pode ter. Pode ser em um blog externo ou em uma página extra dentro do seu site.

2. Faça buscas no Google com estas perguntas
Em seguida, pesquise se estas perguntas já possuem um Featured Snippet. Observe que pode ser que, quando você inserir a pergunta, aparecerão outras opções de perguntas nos resultados de busca. Elas também podem servir de guia para você. Expanda cada uma para avaliar o Featured Snippet correspondente.

3. Elabore as respostas
Pesquise o Featured Snippet do concorrente e avalie como pode escrever um melhor. Vale uma formatação, um conteúdo ou uma aplicação melhor de técnicas de SEO. Se não houver um Featured Snippet, elabore um do zero para tentar se destacar.

Independentemente do seu conteúdo ser destacado no Featured Snippet ou não, todas essas práticas vão ajudar o seu público a chegar até você e solucionar suas questões. Então vale a pena investir nessas ações!

Outra prática que pode lhe ajudar a colocar o seu site sempre em destaque é investir nas técnicas de SEO. Confira no nosso [ebook] Guia Essencial de SEO tudo o que você precisa saber para deixar o seu site em destaque nos resultados de busca.

Leia mais

Artigo anterior

Recebimento de Mercadorias: Como este processo pode impactar o seu e-commerce.

Leia mais

Próximo artigo

Retargeting e remarketing: conheça esses recursos!

Deixe seu comentário