Blog da Loja Integrada

O que rolou no mundo do ecommerce em fevereiro 2021

Quer saber o que rolou no mundo do ecommerce em fevereiro de 2021? A gente conta aqui as principais novidades! 

O mundo do ecommerce está passando por rápidas reviravoltas, principalmente desde o início da pandemia do coronavírus que já completou um ano. Ficar por dentro de tudo pode ser difícil para quem vive a correria de gerenciar um ecommerce, mas é essencial para que sua loja fique atualizada, informada e à frente da concorrência!

Pensando em ajudar você, nós aqui Loja Integrada compilamos abaixo as principais novidades que surgiram no mercado durante o último mês!

Vamos lá?

Vendas do ecommerce superam vendas do varejo físico na China 

Pela primeira vez na história, um país registrou um maior número de vendas no varejo online do que no varejo físico — e esse país foi a China!

Em 2020, mais de 50% das vendas do varejo chinês foram feitas pela internet. A título de comparação, nos países da América Latina esse número não passa de 5%. Mesmo os EUA, lar da gigante Amazon, tem apenas 15% das suas vendas para o consumidor final feitas online.

Não há dúvidas de que o número chinês é impressionante, mas a pergunta é: o que fez a China atingir números tão impressionantes?

A pandemia do coronavírus, certamente, foi um dos fatores, mas acredita-se que ela apenas tenha acelerado um movimento que já tinha se iniciado. 

Além do crescente mercado interno, as lojas virtuais chinesas têm apostado no mercado global — não é difícil achar alguém, mesmo no Brasil, que já não tenha comprado algo de lá.

Pesquisa por voz cresce e é oportunidade para ecommerce

Alexa, Siri… As assistentes virtuais têm ganhado o mercado de eletrônicos criando uma nova tendência, principalmente entre os mais jovens: a pesquisa por voz.

A facilidade proporcionada por essas assistentes (incluindo também o assistente do Google que, ao contrário dos seus pares, não ganhou um nome feminino) mudou a forma como nos relacionamos com a tecnologia, e isso terá impacto em diversos setores, inclusive no ecommerce.

A ideia é que a tecnologia seja utilizada até para fazer uma compra. Nos EUA, isso já é possível com o auxílio da Alexa, a assistente da Amazon. Aqui no Brasil, no entanto, as assistentes virtuais ainda são utilizadas para consultas básicas ligadas ao topo do funil — aquele momento antes da compra, em que ainda estamos pesquisando, coletando informações e descobrindo mais sobre nossas necessidades.

Enquanto essa ainda é uma tendência ainda principiante, vale a pena ficar de olho em como a pesquisa de voz pode afetar a jornada de compra do consumidor online!

Consumidores esperam novas formas de pagamento

O estudo Visa Covid-19 Consumer Sentiment mostrou algo que já vinha sendo discutido no mercado há algum tempo: o consumidor espera ter novas e melhores formas de pagamento para comprar online.

De acordo com dados da pesquisa publicados na CNN Brasil, 78% dos entrevistados esperam usar novas tecnologias para fazer compras online no futuro, incluindo compras em redes sociais, pagamentos via aplicativo de mensagem, biometria, criptomoedas entre outras.

A pesquisa ainda mostrou que os consumidores estão bem receptivos a novos meios de pagamento, mais dinâmicos e rápidos. Foi o que aconteceu com os pagamentos por aproximação no varejo físico, cujo uso cresceu de 23% em abril de 2020 para 48% em dezembro do mesmo ano.

Enquanto o pagamento por aproximação não é o foco do ecommerce, a pesquisa descobriu outra tendência nos meios de pagamento que pode impactar suas vendas: o uso das carteiras digitais em compras online. Segundo o estudo, 26% das pessoas já utilizam esse meio por considerá-lo mais seguro.

Se quiser saber mais sobre meios de pagamento, fizemos uma série completa com tudo que você precisa saber sobre o assunto! Confira aqui o primeiro post da série Meios de pagamento online!


Leia mais

Artigo anterior

O que já rolou no mundo do ecommerce em 2021?

Leia mais

Próximo artigo

Use as redes sociais como aliadas da sua loja online

Deixe seu comentário