Blog da Loja Integrada
plataforma de e-commerce

Qual a melhor plataforma de e-commerce para o meu negócio?

Se você está pensando em abrir um comércio eletrônico, saiba que um dos primeiros passos é escolher a plataforma de e-commerce, ou seja, em qual estrutura a sua loja virtual será criada. Essa decisão é de suma importância, uma vez que escolher uma plataforma ruim pode limitar bastante as suas vendas.

Já o contrário, quando se toma uma boa decisão com uma boa ferramenta, os recursos e funcionalidades podem gerar uma ótima experiência aos clientes, fazendo com que as vendas ocorram naturalmente e os resultados do negócio sejam os esperados.

Então, para te orientar sobre qual é a melhor plataforma de e-commerce, criamos este conteúdo. Continue a leitura e veja todas as dicas que temos para você!

Qual é a importância de ter uma plataforma de e-commerce própria?

Muitos empreendedores vislumbram a possibilidade de abrir um e-commerce e já começar a faturar com seus produtos ou serviços. Os benefícios do meio online são muitos e realmente atraem muita gente. Porém, o que muitos não sabem é que esse mercado é altamente competitivo e o consumidor é bastante exigente.

Não basta criar uma loja virtual qualquer e esperar que o público compre os produtos de qualquer forma. Quem realmente deseja ter bons resultados nas vendas precisa investir na criação de uma boa experiência do consumidor.

Para se ter uma ideia, segundo uma pesquisa feita pela Opinion Box, 96% dos e-commerces brasileiros não asseguram aos clientes uma experiência satisfatória! Esse número assustador está atrelado à falta de informações no momento da compra — elementos estes que os clientes consideram vitais para fechar os pedidos.

Nessa pesquisa foi investigado o que os compradores priorizam em termos de dados para gerar maior confiança na empresa e, assim, finalizar a compra. O que foi encontrado é que a opinião de outros consumidores tem grande importância, mais do que imagens ou descrições.

Esse fato é apenas uma amostra de como é importante criar o seu próprio e-commerce. Algumas pessoas escolhem plataformas prontas, como Mercado Livre e o próprio Instagram, mas essa não é uma boa decisão, uma vez que é impossível customizar de acordo com seu público.

Se você escolhe uma dessas plataformas será apenas mais um em um mundo de milhares. Pense nisso!

Com uma plataforma de e-commerce você pode customizar, otimizar, adicionar ou retirar recursos, planejar o design, pensar no seu consumidor, fazer testes e aprimorar cada vez mais a experiência do usuário.

O que é preciso analisar para tomar uma boa decisão?

No tópico anterior, vimos a importância em trabalhar com uma plataforma própria para o seu e-commerce. Agora, veremos como escolher a opção ideal para o seu negócio, a partir das suas características. Listamos o que você deve levar em consideração. Veja:

Seu objetivo

O primeiro passo para escolher uma plataforma de e-commerce é definir o seu objetivo. O que você quer para o seu negócio? Quais são as suas metas? O que você deseja conquistar?

Essas questões são fundamentais no planejamento do negócio. Por exemplo, se você deseja atuar em um mercado altamente competitivo, com um público bastante exigente, com concorrentes de alto nível, acha que os consumidores escolheriam um e-commerce que entrega baixa qualidade e confiabilidade? Com certeza não!

Por isso, avalie os seus objetivos e pense no que você deseja para o seu negócio em termos de estrutura e capacidade.

Seu produto

Outro ponto muito importante é analisar o produto que será oferecido. Afinal, o estilo do produto deve ser condizente com todo o layout da loja virtual.

Seguindo o mesmo pensamento do tópico anterior, imagine que você deseja oferecer equipamentos hospitalares para o mercado. Agora, coloque-se no lugar do cliente. Será que ele preferiria comprar em um site especializado em equipamentos desse setor ou se arriscaria no Mercado Livre ou outras plataformas padronizadas? A resposta é bem óbvia!

Os recursos oferecidos

Cada plataforma de e-commerce pode oferecer diferentes recursos: imagens, vídeos, comentários de clientes, domínio próprio, avaliações, ambiente totalmente customizável, meios de pagamento, formas de entrega. Tudo isso precisa ser analisado e comparado com as opções de mercado para que você escolha aquela que vai entregar maior valor.

Você pode considerar que um determinado recurso é fundamental para aumentar as vendas do seu negócio, por exemplo. Então, procure por ele agora no início.

As integrações possíveis

Outro ponto que merece atenção é relacionado às integrações possíveis. Na gestão e operação de um e-commerce é comum que vários sistemas sejam utilizados. Para facilitar o trabalho e garantir maior solidez, esses sistemas devem ser integrados.

Cada plataforma oferece uma gama de integrações. Então, é interessante avaliar se as que você está considerando oferecem a integração com os sistemas que serão ou são explorados no dia a dia.

Seu orçamento disponível

Por fim, claro, não podemos nos esquecer do seu orçamento! O custo de cada plataforma deve ser levantado para que isso não se torne um problema no futuro.

Avalie os pacotes e planos oferecidos por cada plataforma de e-commerce do mercado e determine o que está dentro do seu orçamento e aquelas que estão fora. Aqui, vale lembrar que algumas disponibilizam uma versão gratuita para teste.

Como saber qual plataforma é a mais indicada para seu caso?

Diante de tantos pontos de análise, como saber qual é a plataforma de e-commerce que se encaixa perfeitamente no seu negócio? A dica aqui é comparar!

Faça uma pesquisa das principais plataformas do mercado. Se possível, converse com pessoas que utilizam essas opções e faça questionamentos profundos. Pergunte como elas funcionam, quais são os pontos positivos e negativos, quais recursos mais utilizam e se recomendam.

Depois disso, pense em todos os pontos que listamos e faça um ranking com as opções de plataformas encontradas. Vá marcando tudo o que é mais relevante para você e em quais delas você terá esses recursos. No final, você terá menos opções do que quando começou, isso se já não achar aquela ideal!

Depois disso, converse com as empresas. Veja cases de sucesso, saiba quem são os clientes, navegue nos sites e imagine como seu negócio ficaria com aquela plataforma!

Portanto, vimos neste post que escolher a plataforma de e-commerce é muito importante! Essa decisão não deve ser tomada apenas com achismo e crença. Faça uma análise profunda para garantir as melhores condições para seu negócio!

Outro ponto que é de suma importância para quem está começando é o planejamento financeiro. Então, baixe agora nosso guia completo de planejamento financeiro para começar a empreender online!

Leia mais
loja física ou virtual

Artigo anterior

Loja física ou virtual: qual opção é mais vantajosa?

Parabéns, agora você pode por em prática tudo que aprendeu!

Deixe seu comentário