Blog da Loja Integrada

Saiba a importância de criar processos para loja virtual

Há quem ache chato e burocrático, mas a verdade é que um processo pode ser feito justamente para eliminar etapas desnecessárias e deixar tudo mais fluido. Criar processos para loja virtual pode trazer mais benefícios do que você imagina. Venha descobri-los no texto de hoje.

O que são processos?

Processos no âmbito corporativo são métodos para realizar uma determinada atividade. Define-se um conjunto de etapas para realizar uma ação de forma esquematizada. Por exemplo, o processo de pós-venda de uma loja. Após testar e pesquisar algumas opções de fluxo de trabalho, a empresa decide que, assim que o cliente receber o produto, receberá também uma pesquisa de satisfação. Caso a pesquisa não seja respondida, um e-mail de reforço será enviado uma semana depois. Assim que o resultado da pesquisa for recebido pela loja, a equipe analisará as respostas, agradecerá ao cliente e oferecerá um cupom de desconto para a próxima compra.

Quais são as vantagens de criar processos para loja virtual?

Há várias vantagens de elaborar processos para um e-commerce. Confira:

  • Economia de tempo e agilidade, pois você não precisará parar para refletir como realizar determinada ação. Basta executar o processo.
  • Eficiência.
  • Garantir que, quando um funcionário novo chegar ou quando houver uma equipe, todos estejam na mesma página e realizem as ações da mesma forma.
  • Redução de erros. Com as etapas bem estabelecidas, não sobra espaço para erros nem para esquecer alguma etapa do processo.
  • Facilidade para mensurar. Com a criação dos processos, fica mais fácil saber a duração de cada atividade e como otimizar o tempo.

Como criar processos para loja virtual?

Confira a seguir um passo a passo para ajudá-lo:

1. Defina qual processo deseja criar

Pode ser na área financeira, de marketing, de vendas, de compras ou de recursos humanos. Analise o seu negócio e verifique qual área está precisando de um processo. Pode ser que mais de uma área precise de um metodologia ou que uma área precise de mais de um processo. Nesse caso, priorize-os de acordo com a criticidade, urgência e riscos.

2. Identifique como esse processo é realizado hoje

Certamente a atividade não está esperando um processo ser criado para acontecer. De alguma forma, você e/ou seus funcionários a realizam. Como isso acontece hoje?

3. Identifique problemas

Com o mapa do processo atual, fica fácil identificar problemas, travas e questões que precisam ser resolvidas. Por exemplo, um desperdício de tempo e/ou de material, uma burocracia que pode ser dispensada ou uma falha ou erro recorrente.

4. Identifique oportunidades

Com base nos problemas encontrados, você poderá identificar como resolvê-los e aplicar essa solução ao novo processo.

5. Desenhe o novo processo

Isso significa desenhar mesmo. Você pode fazer no papel ou no computador e criar um fluxograma para ficar bem claro visualmente como o novo processo acontecerá.

6. Valide o seu processo

Converse com os membros da equipe que executará determinado processo e analise possíveis ajustes que podem ser realizados. Essa etapa é muito importante para que os colaboradores contribuam para a criação do novo processo e sejam parte da mudança. Quando isso não acontece, os colaboradores tendem a ficar mais resistentes e não adotar as novidades. Em seguida, é hora de colocar o processo em prática para testá-lo.

7. Não deu certo?

Volte para o passo 3 e identifique o que está dando errado. Repita quantas vezes for necessário até chegar no desenho do novo processo.

8. Deu certo?

Ótimo! Hora de formalizar este novo processo. Vale imprimir o fluxo e fixá-lo no escritório para que todos lembrem-se sempre de que ele precisa ser seguido.

Um dos tópicos abordados no texto de hoje foi o tempo. Como um recurso valioso – tanto na vida profissional quanto pessoal –, o tempo pode ser alvo de um processo de gestão para que não seja desperdiçado. Que tal ler o nosso post Gestão do tempo para otimizar e-commerce e conferir algumas dicas?

Leia mais

Artigo anterior

Saiba a importância do Ebit para loja virtual

Leia mais

Próximo artigo

Códigos de produtos para e-commerce: saiba tudo

Deixe seu comentário