Blog da Loja Integrada
títulos que chamam mais atenção e convertem mais

Títulos que convertem: 5 estratégias para escrever os seus!

Ao escrever um conteúdo, tudo o que queremos é chamar a atenção para ele ser lido pelo maior número de pessoas possível. E o título é a primeira parte observada e destacada em qualquer material. Despertar interesse, instigar a curiosidade e expressar o foco do seu conteúdo em poucas e impactantes palavras é o seu objetivo para criar títulos que convertem. No texto de hoje, você vai descobrir 5 dicas para escrever os seus. Confira!

Por que o título é tão importante?

Após o desenvolvimento da estratégia de Inbound Marketing, de buyer persona e da jornada de compra, passando pelo processo de definição de abordagem e tom de voz, seguido do trabalho de criação e redação dos textos que vão compor a comunicação da marca, chega a hora da publicação.

Um título ineficaz pode colocar todo este trabalho a perder. E vale fazer um destaque para a importância disso no e-mail marketing, pois, ao enviar muitos e-mails que o usuário não abre, os hosts como Gmail, Hotmail e outros podem classificar o seu conteúdo como spam, por entender que ele não é relevante para o dono daquela conta.

Por outro lado, títulos atraentes são capazes de impulsionar o conteúdo e dar a ele o destaque e a visibilidade que merece. Estes são os títulos capazes de despertar interesse e incentivar os leitores a clicarem, lerem ou baixarem o seu conteúdo.

Em outras palavras, títulos bons são aqueles que fazem a primeira etapa da conversão: chamam a atenção — o que não é pouca coisa, em um mundo tão repleto de informações como o universo online. Uma vez que o conteúdo é acessado, o leitor passa a conhecer mais sobre o seu negócio, dando a chance para ele saber que a sua marca pode ajudá-lo, como e por quê. É por isso que os títulos merecem tanta atenção.

Onde os títulos são aplicados?

Quando falamos de títulos, é comum pensarmos em títulos de textos longos, como os de ebooks ou de postagens em blogs. No entanto, essas palavras de destaque estão presentes nos mais diversos tipos de materiais. Por exemplo:

• E-mail marketing;

• Legendas de imagens em redes sociais;

• Inserido na própria imagem para apresentar um post nas redes sociais;

• Anúncios;

• Descrições de produtos;

• Postagens de blogs;

• Entre outros.

5 dicas para escrever títulos que convertem

Para que você também saiba como escrever títulos poderosos, listamos abaixo 6 dicas. Confira!

1. Seja claro

O primeiro requisito que um título deve cumprir é ser claro. O leitor deve bater o olho e entender o que ele quer dizer e/ou entregar. Títulos confusos desestimulam a leitura.

Este cuidado deve ser tomado especialmente por empresas que lidam com temas mais complexos, como finanças, engenharia, medicina etc, e por marcas que estão escrevendo textos para clientes na etapa de descoberta da Jornada de compra. Afinal, nesta fase, o consumidor ainda tem muitas dúvidas ou nem mesmo sabe qual é a sua dor/problema/necessidade.

2. Não dê spoiler

O título precisa jogar um jogo de esconder e revelar. Ele deve despertar a curiosidade do leitor, sem expor todo o conteúdo. Ou seja, sem dar spoiler — um termo muito usado para livros e filme, quando se revela surpresas, fatos cruciais ou o final da história.

Alguns exemplos:

• “Um post de redes sociais chamando para uma ação: “Conheça a forma mais fácil de ajudar o coelho da Páscoa”

• “Um blog post: “A forma mais improvável de reformar um apartamento.”

3. Não engane o leitor

Alguns títulos são tão chamativos e irresistíveis que é difícil não clicar, mas, ao acessar o conteúdo, o leitor percebe que eles não entregam nada daquilo que o título prometia. Este tipo de prática chama-se clickbait, títulos feitos para receber o clique, mas que não entregam o conteúdo.  

O resultado é a frustração dos leitores e uma alta possibilidade de eles nunca mais clicarem num conteúdo desta marca.

Alguns exemplos de títulos que enganam o leitor são:

Uma notícia num blog que diz: “Atriz Mônica Martelli desmaia após ver a repercussão do seu novo filme. – Na verdade, ao clicar, o leitor descobria que ela gravou uma brincadeira com o seu parceiro de cena fingindo um desmaio

• Um anúncio de uma loja virtual com a frase: “A saga de um criança enviada para o espaço” – Na verdade, é só a divulgação de uma coleção de roupas infantis inspirada no sistema solar.

Um e-mail de um curso de idiomas com o assunto: “Conheça Luiz, o brasileiro que fala 35 idiomas”- Na verdade, o Luiz só decorou uma mesma frase em 35 idiomas.

4. Use os números

Há duas formas de usar os números a seu favor ao criar títulos:

4.1 Usando dados e porcentagens

Os números passam certa credibilidade e podem trazer a atenção do leitor para o conteúdo. Certamente, eles devem ser verdadeiros e comprovados, com a citação da fonte de referência, a explicação de estudiosos ou outra informação concreta sobre a obtenção desses dados. Alguns exemplos de títulos que usam esta técnica são:

• Por que 92% dos jovens preferem beber suco a refrigerante;

• Como ter pelo menos 73% mais resultado nos esportes

4.2 Usando listas e quantidades

Listas são fáceis de serem assimiladas e atraem os leitores. Alguns exemplos de títulos que usam esta técnica são:

• Títulos que convertem: 5 estratégias para escrever os seus!

• 9 modelos de biquíni que vão dar o que falar neste verão.

5. Use a famosa técnica AIDA

Você já ouviu falar dela? Esta técnica consiste numa sigla com 4 requisitos para um bom título. São eles:

5.1 Atenção

O título deve chamar a atenção do leitor. Ou seja, dentre tantas informações disponíveis na caixa de entrada do e-mail, nas redes sociais, em sites, blogs ou na sua própria loja, é aquele título que faz com que o usuário pare e queira saber mais.

5.2 Interesse

O título deve instigar o interesse do leitor. Uma ótima forma de fazer isso é usando temas relevantes para ele. Para fazer isso, aquele bom e velho estudo de buyer persona que comentamos no início do texto pode ser valioso. Afinal, com ele você saberá quais são os temas de interesse do leitor, quais são suas dores, que problemas enfrenta etc. Um texto com assuntos relevantes ou que responda às suas angústias naturalmente contribui para conquistá-lo.

5.3 Desejo

Para que o leitor tenha desejo de ler, crie um senso de urgência no título. Por exemplo:

• Num e-mail marketing: “Hoje tem promoção dos produtos Star Wars. Mas só hoje, ok?”

• Num blog post: “O que ninguém nunca lhe contou sobre os desafios da maternidade”

• Num post de rede social: “5 práticas de yoga para fazer agora mesmo!”

5.4 Ação

O título deve ajudar o leitor a cumprir a ação desejada. Por exemplo:

• Num anúncio de redes sociais: “Clique para ver a surpresa que preparamos para este Carnaval” ou “Confira as promoções de hoje só para quem é fã de Game of Thrones”

 

Os títulos podem ser grandes aliados para, por exemplo, aumentar o tráfego do seu site, mas há outras 6 ações para atrair mais visitas para seu e-commerce. Confira!?

Leia mais

Artigo anterior

Como um bom logo pode ajudar facilmente seu e-commerce a vender mais?

Leia mais
Dicas de Como vender mais na páscoa

Próximo artigo

7 ideias para preparar sua loja virtual para a Páscoa!

Deixe seu comentário