Se você deseja aumentar as vendas em redes sociais é preciso saber utilizar as estratégias certas — e evitar ações que podem prejudicar a marca!

Quem tem ecommerce precisa estar presente nas redes sociais, seja para estabelecer uma conexão mais próxima com os clientes, ter mais visibilidade ou vender seus produtos. Porém, as estratégias para as vendas em redes sociais precisam ser bem planejadas para que o resultado seja positivo.

No estudo Market Review: tendências do e-commerce para 2022 da Bornlogic e Opinion Box, 65% dos entrevistados afirmaram que têm o hábito de pesquisar produtos nas redes sociais e, destes, 10% usam as redes sociais como primeira opção de pesquisa.

Apostar nas redes sociais pode fazer grande diferença para seu negócio. No entanto, com as mudanças constantes que ocorrem nas plataformas, é importante estar sempre por dentro do assunto. Por isso, separamos algumas dicas essenciais do que fazer e do que evitar nas populares redes sociais.

O que fazer para ter sucesso nas vendas em redes sociais: 6 dicas para aplicar já

Fazer postagens aleatórias não é a melhor maneira de fechar vendas em redes sociais. Um bom planejamento é a melhor forma de obter melhores resultados. Para isso, é necessário coletar dados, fazer análises, elaborar estratégias, executar o planejamento e, claro, dar voz à sua marca de forma única. 

1. Conheça as particularidades das redes sociais — e escolha as suas

Cada rede social funciona com determinados parâmetros e possui um formato, tipo de conteúdo e público diferente. Para fechar vendas em redes sociais, é preciso conhecer e entender como elas funcionam. 

Estude as plataformas disponíveis e selecione as que mais fazem sentido para o seu negócio. Se a sua empresa é só você ou se sua equipe é pequena, cuidado para não se sobrecarregar e negligenciar as redes. O melhor é começar com uma ou duas e produzir conteúdo consistente e de qualidade. Depois:

  • Crie uma identidade visual, linguagem e tipo de conteúdo adequados;
  • Avalie qual o melhor dia e horário para fazer as publicações em cada canal;
  • Estude o comportamento do seu público;
  • Construa um cronograma realista;
  • Produza conteúdos que transmitam confiança para os usuários de cada rede social.

2. Identifique seu público-alvo

O público-alvo é um grupo de pessoas com características em comum e que são mais propensas a se interessar pelos seus produtos. 

Para gerar vendas em redes sociais, seu público precisa se identificar com você e com o que a sua marca transmite. Por isso, o conteúdo segmentado e personalizado para as pessoas que têm a ver com o seu negócio é o melhor caminho a seguir.

3. Use uma ferramenta de gestão de mídias

Para conseguir gerenciar de forma mais simples seus conteúdos, anúncios e vendas nas suas redes sociais, é importante usar uma ferramenta de gestão de mídias.

É possível automatizar várias ações, programar publicações, incluir proteções, receber notificações, acessar dados sobre os seguidores, entre outras vantagens. 

4. Acompanhe o ROI

ROI é a sigla em inglês para Return on Investment e significa retorno sobre o investimento. Essa métrica é usada para mostrar quanto a empresa ganhou com o valor aplicado em determinadas ações. Por exemplo, anúncios, despesas de marketing, parcerias com influencer etc.

Cada plataforma vai ter um ROI diferente e é importante conhecer os dados para saber quais estratégias são mais eficientes para a sua loja virtual. 

5. Responda às perguntas

Interação é palavra-chave das redes sociais. É muito importante criar uma relação com o seu público e responder às perguntas que surgem. Afinal, as redes são um canal de atendimento também.

Dessa forma, você mostra que está presente, criando a confiança necessária para fidelizar seus seguidores e aumentar as vendas em redes sociais.

Fazer perguntas para eles responderem, como enquetes, também pode ser uma boa forma de incentivar o engajamento.

6. Tenha bom humor e disposição

A abordagem mais leve e divertida é uma característica das redes sociais. Além de ser uma ótima ferramenta de gerenciamento de crise, perfeita para quebrar o gelo e lidar com clientes ou seguidores irritados. Mas, é claro, sempre com muito respeito e profissionalismo. 

O que NÃO fazer nas redes sociais da sua loja: 6 dicas de ouro

É comum errar aqui e ali, principalmente no começo. Mas algumas dicas podem te ajudar a evitar alguns erros ou, pelo menos, a identificá-los rapidamente e tomar as medidas para não prejudicar as vendas em redes sociais do seu ecommerce.

1. Criar conteúdo genérico

Um conteúdo genérico e comum não consegue chamar a atenção do cliente — principalmente nesse oceano de informações que é a internet.Portanto, crie uma estratégia de marketing conteúdo envolvente e interessante:

  • Desenvolva conteúdos relevantes;
  • Adote um tom de voz único: o que você fala e como você se dirige ao público;
  • Utilize imagens atraentes e de qualidade, reforçando a identidade visual da marca.

2. Ignorar o feedback do cliente

Uma das maiores vantagens do uso das redes sociais é a possibilidade de escutar o que o seu público tem a dizer. Essa é uma ótima fonte para colher ideias, sugestões e reclamações. Da mesma forma, é um ótimo espaço para você expressar os valores da marca e criar um diálogo com os visitantes das suas redes.

Isso mostra que você valoriza a opinião deles e tem abertura para mudanças.

3. Recusar a opção de anúncios

Algumas empresas acham que os anúncios são uma saída barata ou um meio ineficaz de marketing. Esse é um grande erro, pois é uma forma válida e recomendada para gerar vendas em redes sociais. 

Mesmo que o investimento seja baixo, pode ser uma ótima forma de coletar dados e aprender mais sobre seu público.

4. Publicar de forma exagerada (para mais ou para menos)

A frequência das postagens é muito importante. Publicações excessivas podem irritar os seguidores. Por outro lado, se você publica muito pouco, o usuário esquece da sua loja e, às vezes, as publicações deixam de aparecer no feed dele. Isso porque o algoritmo das redes costuma exibir mais conteúdo de um assunto com o qual o usuário interage mais.

Não existe um número exato de postagens. Você deve avaliar as suas métricas e fazer testes contínuos para achar a frequência ideal, tanto para você quanto para o seu público.

5. Reagir de forma inadequada e levar para o pessoal

Como já falamos, é importante interagir com os usuários. Porém, atrás de todas as telas (da sua e da dos seus seguidores), existem pessoas. E é comum lidar com comentários grosseiros, situações delicadas e diversos assuntos que podem levar a chateações.

Portanto, é essencial que você saiba agir de forma adequada. Não aja com arrogância, insistência ou desrespeito. Use as redes de forma profissional, sem deixar de dar um atendimento humanizado ao seu público.

6. Apegar-se aos números

Ter muitos seguidores, muitas vezes, parece ser o objetivo principal dentro das plataformas. Porém, esse não é o fator mais relevante para aumentar a visibilidade e as vendas nas redes sociais.

O mais importante, neste caso, é ter um público engajado e que esteja realmente interessado na sua marca. Portanto, concentre-se em oferecer conteúdo envolvente, relevante e autêntico para os usuários.

Curtiu o nosso post? Então confira nossas Dicas para arrasar nas redes sociais do seu ecommerce em 2022!


Apaixonado por desafios, comecei minha trajetória na operação de uma loja física. Depois de 4 anos, cheguei ao ecommerce para atuar como Customer Care e, aos poucos, caminhei para a Comunicação. Hoje, são muitos anos de experiência e conhecimento de produto e marketing.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *