Vendas mobile: conheça as tendências do M-commerce

Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Pin on Pinterest0Share on LinkedIn0
Tempo de Leitura: 2 minutos

M-commerce é uma abreviação para mobile commerce. O termo se refere ao comércio virtual realizado por meio de dispositivos móveis, como smartphones e tablets. Muito se fala sobre o M-commerce, mas será que vale a pena investir neste mercado? Quais são as tendências do M-commerce? Confira a seguir.

O aumento do mobile commerce

tendências do M-commerce

O estudo Webshoppers é feito todos os anos, desde 2001, pela E-bit. A proposta é trazer informações sobre o cenário do e-commerce para manter os lojistas atualizados e preparados para o que está por vir. A 36ª edição do Webshoppers, disponível no IAB Brasil, abordou, entre outros temas, o M-commerce.

Com o estudo, podemos perceber que o M-commerce vem se destacando no mercado. Cada vez mais, as vendas online são feitas via mobile. Em 2016, o ticket médio do comércio virtual era de R$ 403 em todos os dispositivos e de R$ 363 nos dispositivos móveis. Em 2017, o mobile não só representou um ticket médio maior como praticamente se equiparou ao ticket médio do mercado. Estamos falando de R$ 418 em todos os dispositivos e R$ 417 nos móveis. Ou seja, enquanto o mercado cresceu 3,5% no ticket médio, o M-commerce cresceu R$ 14,9%.

Além disso, o volume de pedidos do mercado cresceu 3,9%, porém ao analisarmos somente as compras por dispositivos móveis, a taxa de crescimento foi de 35,9% em 2017, quando comparamos com o mesmo período de 2016. Tal crescimento tão significativo pode ser explicado por 4 fatos:

  1. Cada vez mais brasileiros podem comprar dispositivos móveis para si;
  2. As empresas de telecom estão oferecendo planos de Internet móvel mais acessíveis;
  3. Muitas empresas e lojas estão preparando seus sites para serem acessados nesse ambiente;
  4. A popularização de aplicativos de certas lojas.

Sobre as cinco categorias mais vendidas pelo M-commerce, temos Moda e Acessórios em primeiro lugar, representando 15%. A seguir, Casa e Decoração com 14%, Saúde, Cosméticos e Perfumaria com 12%, Eletrodomésticos com 12% e Telefonia/Celulares com 11%.

As 3 tendências do M-commerce

Como o seu crescimento é inegável, é preciso estar atento para as tendências do M-commerce que estão por vir. São elas:

1. Pagamentos ágeis

Quem compra via dispositivos móveis quer agilidade. Como um dos pontos que mais pode tomar tempo do comprador é o cadastro e o pagamento, investir em tecnologias que agilizem essas etapas é uma das tendências do M-commerce. Neste sentido, checkout transparente, pagamentos com um clique podem ser ótimas opções.

2. Chatbots

Chatbots são robôs que atendem o chat de um site ou de uma loja virtual. Eles estão entre as tendências do M-commerce, pois podem agilizar muito o atendimento. Certamente, é uma tecnologia que demanda certos cuidados. Por sua importância, há um texto aqui no blog só sobre isso. Confira!

3. Aplicativos

Algumas lojas já oferecem aplicativos para ir além da responsividade de um site e oferecer uma experiência única de compra para o cliente. Com eles, é possível enviar notificações de promoções e novidades, medir as compras com mais precisão, oferecer um design único, uma experiência personalizada e uma forma de compra muito mais prática. Embora, por enquanto, seja uma tecnologia que demanda investimento e que é mais acessível para grandes lojas, é preciso estar atento, pois os aplicativos não deixam de ser uma das tendências do M-commerce.

Como fazer para vender via M-commerce?

O primeiro passo é ter um site responsivo. Ou seja, um layout que se adapte a telas menores. A Loja Integrada disponibiliza a versão mobile das suas lojas. Independentemente do plano escolhido, a loja virtual já vem configurada para uma versão responsiva.

O segundo passo, é ler o texto Como aumentar o lucro com vendas mobile no seu e-commerce e pegar todas as dicas do que é preciso para realizar vendas mobile.

Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Pin on Pinterest0Share on LinkedIn0