🔥 Aumente sua capacidade de venda! Conheça nossos planos a partir de R$54/mês!
⚡ Ver Planos! ⚡
vendas no segmento de moda loja virtual

Como aumentar o faturamento no segmento de moda, por Alê Moraes

A empreendedora, influencer e especialista em modas online, Alê Moraes, é a nossa convidada e vai dar dicas de como melhorar as vendas na sua loja virtual. Continue a leitura!

Existem várias estratégias que podem ser colocadas em prática no seu negócio de moda para aumentar seu faturamento. Eu sei que, para muitos lojistas, são tempos difíceis. Mas acredite, existem várias maneiras de aumentar suas vendas, seja buscando novos clientes, mas principalmente vendendo mais para quem já compra com você!

Aqui neste conteúdo você vai descobrir 6 maneiras de aumentar suas vendas no segmento de moda, sem necessariamente precisar de novos clientes, sem precisar dar descontos o tempo todo nem precisar ficar comprando novidades mesmo com estoque lotado. São ações simples, mas bastante eficientes. 

1 – Apresente os produtos que já tem em estoque de maneiras diferentes

Quando você entende muito bem as necessidades do seu público-alvo, os ambientes que frequentam, em quais ocasiões usam seus produtos, você consegue buscar novas maneiras de apresentar itens que tem em estoque. Por exemplo, se sua cliente trabalha em um ambiente formal, mas quer usar as mesmas roupas de trabalho em um happy hour ou um evento casual no final de semana, é seu papel, através do seu conteúdo, mostrar diversas maneiras de usar os produtos que você vende. 

Dessa forma ela já se sente usando os produtos mesmo antes de comprar, o que gera desejo pelas peças mesmo se ela não estiver precisando de algo específico.

2 – Crie kits

Uma outra maneira de aumentar o ticket médio e estimular que seu cliente compre um valor maior do que geralmente está acostumado a comprar é criando kits. Olha só um exemplo prático: vamos supor que você venda acessórios e perceba que tem vários colares diferentes no seu estoque. Você pode desenvolver conteúdos ensinando suas clientes a usar mix de colares, explicar como combinar os tamanhos, banhos e cores dos colares, quais decotes de blusas são mais indicados para cada modelo de colar. 

E como forma de facilitar a vida da sua cliente, fazer kits de mix de colares que já combinam entre si! Ou seja, você facilita a vida dela e estimula que ela compre mais de uma peça de uma única vez! 

3 – Faça cross sell

Apesar da palavra “cross sell” ser pouco conhecida para muitas pessoas, essa estratégia de vendas está sempre presente na vida de todos nós. Tenho certeza de que alguma vez você entrou em uma loja para comprar um tênis e a vendedora te ofereceu algo a mais para comprar, como uma meia, um talco ou um produto para limpar o tênis. Se você já passou por uma situação dessas, preciso te dizer que você presenciou um cross sell na prática!

Portanto, a estratégia cross sell é baseada nessas ações, onde você irá oferecer um produto a mais que possa complementar o item que seu cliente está desejando comprar. 

Analise seu estoque e veja quais produtos se complementam de acordo com o perfil do seu público-alvo, para não passar a impressão de que você está apenas “empurrando” mais um produto qualquer e sim, oferecendo soluções para as necessidades do seu cliente.

3 – Contrate influenciadoras locais

Primeiro vamos entender que influenciadora não é alguém que se intitula de blogueira. Influenciadora é qualquer pessoa que influencia o seu público-alvo. Quer mais um exemplo prático? 

Vamos supor que você venda moda fitness – um restaurante saudável, uma loja de produtos naturais e fitness, uma academia famosa na cidade – todos esses locais têm potenciais influenciadores do seu público-alvo e podem ser parceiros do seu negócio.

A dona da academia que usa seus produtos e fala do look que ela está usando no Instagram da academia vai divulgar a sua marca para todas as pessoas que seguem a academia, ou seja, potenciais clientes para os seus produtos!

Essa é uma excelente maneira de aumentar o seu alcance e visibilidade para pessoas que ainda não te conhecem e que tem o perfil do seu público-alvo, ou seja, tem maior probabilidade de se transformarem em clientes.

4 – Faça campanhas de vendas

 As campanhas de vendas são uma maneira excelente de gerar desejo imediato através de uma oferta irresistível, ou seja, estimular o seu cliente a comprar agora para não perder uma boa oportunidade. E por boa oportunidade eu não estou falando em desconto!

Imagine a seguinte situação: o cliente chega na sua loja, compra R$ 200,00 e pede 10% de desconto, ou seja, nesta venda você perde R$ 20,00.  Em uma outra situação a cliente compra R$ 220,00, porque somente nessa semana, você está com uma campanha de vendas no ar onde, na compra acima de R$ 200,00 ela ganha um kit de pincéis de maquiagem (que você comprou por R$ 10,00, mas vende por R$60,00 na sua loja). 

O que você acha que ela vai preferir? R$ 20,00 de desconto ou ganhar um kit de pincéis de R$60,00? A resposta é bastante óbvia, principalmente, se o presente da campanha estiver alinhado com os interesses do seu público.

Dessa forma, a cliente compra um pouco mais para ganhar o presente e esse estímulo da campanha faz com que ela tome a decisão da compra de imediato para não perder esse benefício.

5 – Faça anúncios

Uma das maneiras mais eficientes de aumentar seu faturamento em qualquer segmento de atuação é aprender a fazer anúncios. A ferramenta de anúncios da Meta, que engloba o Instagram e o Facebook, tem uma inteligência de dados capaz de mostrar os seus produtos para pessoas com características do seu público e que têm maior probabilidade de comprar seus produtos. 

E se mais pessoas passam pelo seu site e pelo seu Instagram, maior a chance de elas chegarem ao fundo do funil de vendas.

6 – Ame seu estoque

Como assim, amar o seu estoque? É isso mesmo que você leu: um dos pontos mais importantes para vender mais, é amar o seu estoque

O seu estoque te conta uma história do que funcionou muito bem (e já foi vendido) e o que não deu tão certo e está “encalhado”. Aprender com essas informações fará com que você faça compras (ou produza peças) de forma cada vez mais assertiva, alinhadas com o que seus clientes desejam, e com isso, naturalmente as vendas acontecem de forma mais fácil. 

Um outro motivo para amar o seu estoque e estar sempre de olho nele é para definir em quais peças precisam colocar foco (já que, onde colocamos foco, a venda acontece), quais novas combinações de produtos você pode fazer, quais kits pode montar, quais produtos podem ser usados no cross sell, quais campanhas de venda pode colocar no ar. 

Sendo assim, se você já estava com um certo “ranço” do seu estoque, está na hora analisá-lo com carinho.

E agora eu te pergunto: está preparado para vender mais? Quais dessas estratégias você vai colocar em prática para aumentar o seu faturamento? É hora de colocar a mão na massa!