Vender em marketplace: vale a pena para minha loja virtual?

Share on Facebook1Tweet about this on TwitterShare on Google+0Pin on Pinterest0Share on LinkedIn0
Tempo de Leitura: 3 minutos

Vender em marketplace pode trazer muitas vantagens. No entanto, vários lojistas não compreendem qual é o verdadeiro potencial que essa modalidade de venda pode gerar para o seu negócio ou não decidiram se vale a pena para o seu e-commerce. Se você se enquadra em um desses casos, este post é para você!

Afinal, o que é um marketplace?

vender em marketplace

Uma boa analogia para compreender o que é um marketplace é pensar em um shopping center. No mundo off-line, o shopping center é o local que agrega várias marcas – famosas ou ainda pouco conhecidas – e é por onde várias pessoas passam para realizar suas compras. O marketplace funciona da mesma maneira: é um espaço virtual onde muitos lojistas aproveitam o grande número de visitantes para vender seus produtos.

Ainda não ficou claro. Pode explicar melhor?

Claro! Vou exemplificar: coloque-se no lugar do consumidor. Você entra no site das Casas Bahia e procura por um fogão. Você estuda alguns modelos e decide por um. Ao finalizar a compra, vai perceber que aquele produto está sendo vendido pela Loja X e o site das Casas Bahia está funcionando como o espaço de encontro entre você e a Loja X. Exatamente como um shopping center. O transporte e o recebimento do pagamento serão feitos pela Loja X. No entanto, as Casas Bahia ficarão com uma comissão.

Quais são as vantagens e cuidados de vender em marketplace?

vender em marketplace

Como nem tudo são flores, eu não lhe contarei só as vantagens, mas vou também mencionar os cuidados que você deve tomar ao integrar a sua loja a um marketplace. Confira!

1. Vantagens

1.1 Visibilidade

Como falei antes, o marketplace é como um shopping center. Ali passam muitos visitantes e é interessante aproveitar esse tráfego para exibir os seus produtos e apresentar a sua loja.

1.2 Confiança

Como há muitas lojas falsas, muitas pessoas sentem-se mais seguras comprando de grandes redes. Nesse sentido, o marketplace é a oportunidade de colocar a sua marca nessa grande vitrine.

1.3 Aumento de vendas  

Com mais visitantes, é natural que o número de vendas da loja aumente.

1.4 Encontro com o seu público-alvo

É preciso, antes de mais nada, saber se seu público-alvo acessa o marketplace em que você pretende vender. Uma vez selecionado o ambiente adequado, você atingirá mais pessoas com o perfil da sua marca e potencialmente interessadas em seus produtos.

1.5 Alto retorno e expertise

Esforços e investimentos necessários nas áreas de marketing, mídia, sistemas de pagamento, segurança, antifraude e tecnologia que seriam necessários para obter essa quantidade maior de visitantes serão dispensados, pois os marketplaces já possuem esses serviços e têm expertise no assunto.

1.6 SEO

Com a loja e seus produtos sendo mais visitados e buscados, as chances do seu e-commerce ser melhor posicionado nos resultados de busca são grandes.

1.7 Mais possibilidades

Com mais clientes, surgirão mais demandas e você poderá enxergar mais possibilidades de diversificar o seu portfólio de produtos.

2. Cuidado

O único cuidado que você deve tomar é em relação à comissão cobrada pelos marketplaces. Dependendo do tipo de anúncio e da categoria de produto, ela pode variar de 10% a 30% na venda de cada produto. Por isso, os produtos que você irá vender em marketplace devem ser precificados de forma a considerar essa comissão e garantir uma boa margem de lucro para a sua loja.

Sendo assim, cabe avaliar se o preço não vai ficar muito alto (o que pode fazer com que os clientes procurem a concorrência) e se a sua loja não vai ter prejuízo.

Como vender em marketplace na Loja Integrada?

Lojistas da Loja Integrada podem integrar seu e-commerce aos maiores grupos como Cnova (Casas Bahia, Cdiscount, Extra.com.br e PontoFrio), Grupo B2W Marketplace (Americanas.com, Shoptime e Submarino), Mercado Livre, Walmart, Grupo GFG (Dafiti, Tricae e Kanui) e Grupo Netshoes (Netshoes e Zattini) de forma prática e rápida. Para isso, é necessário ter uma loja no plano PRO, um contrato comercial com algum marketplace e um plano da Anymarket. Após a realização do pagamento, a Anymarket irá enviar auxílio para integrar a sua loja à Anymarket. Caso você precise de assessoria para ingressar nos marketplaces escolhidos, a Anymarket oferece ajuda aos lojistas da Loja Integrada sem custos.

Qual é a sua opinião? Acha que vender em marketplace vale a pena para o seu e-commerce? Deixe sua opinião aqui nos comentários!

Share on Facebook1Tweet about this on TwitterShare on Google+0Pin on Pinterest0Share on LinkedIn0