Blog da Loja Integrada
vender em marketplace na Black Friday

Saiba como vender em marketplace na Black Friday

Aprenda como vender em marketplace na Black Friday e veja suas vendas dispararem nesta data!

Black Friday chegando e o lojista virtual se pergunta: como me destacar no meio de tanta promoção e conquistar a atenção do cliente?

Bom, de fato a concorrência pelo consumidor na Black Friday é alta… Especialmente pra quem vende em marketplaces.

Vender em marketplace na Black Friday tem suas vantagens: você ganha a visibilidade do site anfitrião e pode economizar com marketing. No entanto, isso também significa concorrer com milhares de outros lojistas que estão oferecendo o mesmo produto que você.

Então, de novo, o que fazer para se destacar? É a essa pergunta que vamos responder hoje e ainda daremos algumas dicas.

Preparamos um FAQ com algumas das principais perguntas de quem vende em marketplace na Black Friday e quer garantir uma campanha de sucesso.

Marketplace na Black Friday: 6 principais dúvidas

Pra facilitar, aqui está o índice para você ir direto às suas principais dúvidas.

  1. Vale a pena vender em marketplace na Black Friday?
  2. Qual é a forma de cobrança dos marketplaces para lojistas? Custa caro?
  3. Do que preciso para começar a vender em marketplace na Black Friday?
  4. Como escolher em qual marketplace vender?
  5. Quais produtos colocar no marketplace?
  6. Como precificar em marketplace?

1. Vale a pena vender em marketplace na Black Friday?

Quem é lojista virtual gosta de ter seu próprio domínio. Mas, o marketplace pode ser um caminho inicial ou mesmo servir como estratégia adicional de vendas pro seu ecommerce. Isso porque ele oferece algumas vantagens como:

  • acesso a uma estrutura de vendas já pronta (vitrine, categorização de produtos, divulgação, formas de pagamento, segurança e confiabilidade);
  • visibilidade uma plataforma com um volume de acessos maior;
  • acesso a um público que já demonstra alto nível de intenção de compra nos produtos em questão;
  • “pegar carona” no nome de peso dos principais marketplaces do mercado;
  • falando especificamente de Black Friday, o marketplace é uma excelente forma de se destacar e competir lado a lado com os gigantes do mercado durante a data.

Tudo isso significa que, durante a Black Friday, vender em marketplace permite que você “surfe” na onda de grandes nomes do comércio eletrônico e conquiste um aumento nas vendas — claro que utilizando também algumas estratégias de vendas na Black Friday.

2. Qual é a forma de cobrança dos marketplaces para lojistas? Custa caro?

Normalmente, quem vende em marketplace na Black Friday precisa pagar um percentual de comissão das vendas para o site anfitrião. A taxa varia de marketplace para marketplace, e o valor final depende do volume de vendas.

Vale pesquisar esses valores com antecedência e checar se o percentual não impactará muito suas margens de lucro, ou se será preciso rever suas estratégias de precificação.

3. Do que preciso para começar a vender em marketplace na Black Friday?

Você vai precisar:

  • Ter uma loja formalizada. Ou seja, CNPJ e emissão de Nota Fiscal;
  • Ter um bom volume de produtos em estoque. Lembre-se de escolher as categorias certas na hora de cadastrar seus produtos no site, pois isso ajudará os consumidores a encontrá-los;
  • Ter alguma experiência de vendas online para tratar de assuntos como o pós-venda, prazo de entrega e política de trocas e devoluções.

Mesmo que você não tenha uma loja online própria ainda, poderá vender em marketplace. Isso poderá, inclusive, servir como um primeiro passo pro seu ecommerce.

Caso você já tenha sua loja, é fácil conectá-la aos principais marketplaces usando um intermediário. Você pode fazer isso com os parceiros da Loja Integrada.

4. Como escolher em qual marketplace vender?

Existem algumas opções de marketplace para vender na Black Friday. Escolher o melhor para sua loja virtual depende de alguns fatores como:

  • Combo boa exposição + público relevante para a sua marca. Analise e entenda o marketplace que faz sentido para o seu ecommerce;
  • Popularidade e a reputação do marketplace. Se algum marketplace fornecer um péssimo atendimento ao cliente, por exemplo, isso também pode prejudicar a reputação de sua marca ou produto; 
  • Suporte e logística. Certifique-se de que o marketplace ofereça um bom suporte para você acompanhar as vendas, gerenciar o estoque e tirar dúvidas;
  • Custo das taxas. Como já adiantamos, isso também deve ser comparado. Se o marketplace tem uma boa reputação e oferece um ótimo suporte, pode valer a pena pagar mais caro. Por isso, coloque tudo na balança antes de tomar sua decisão.

5. Quais produtos colocar no marketplace?

O ideal é não colocar todos, especialmente se você também tem outros canais de venda.

A concorrência dentro do marketplace pela atenção do cliente é grande. Então, coloque os produtos com mais chances de se destacar, os mais vendidos e aqueles que você já garantiu um bom estoque para vender durante a Black Friday. Afinal, a previsão é um aumento nas vendas.

6. Como precificar em marketplace?

No marketplace, há a questão da comissão. Então, na hora da precificação para a Black Friday, avalie os custos do produto, do envio e também da taxa do marketplace. Por fim, verifique se a sua margem de lucro ainda é considerável e se o preço é competitivo. Afinal, dentro do marketplace, a briga pelo menor preço é grande e, em época de Black Friday, pode ser ainda mais acirrada.

Por falar em Black Friday, aproveite para baixar o KIT Prepara Black Friday! Nele você vai encontrar vídeos, infográficos, checklists, passo a passo e muito mais. Aproveite!

Assine o plano Pró da Loja Integrada
Leia mais
formas de pagamento para loja virtual

Artigo anterior

Por que é importante ter várias formas de pagamento para loja virtual?

Leia mais
vendas na Black Friday crie sua loja virtual agora

Próximo artigo

Aumente suas vendas na Black Friday: crie sua loja virtual agora

Deixe seu comentário