Blog da Loja Integrada

Quando o frete grátis para e-commerce vale a pena?

No dia 28 de abril comemora-se o Dia do Frete Grátis. Essa data é uma ótima ocasião para oferecer o benefício para os seus clientes. No entanto, é preciso observar alguns pontos para não ficar no prejuízo. Neste post, vamos aproveitar para abordar em que circunstâncias o frete grátis para e-commerce vale a pena. Fique ligado, pois estas dicas servem para o ano inteiro!

Frete grátis para e-commerce: o que avaliar

frete grátis para e-commerce

O frete grátis para e-commerce tem sido utilizado há muito tempo para chamar a atenção dos clientes e aumentar a conversão. O problema é quando alguns pontos importantes não são levados em considerações e o lojista acaba no prejuízo. Por isso, é importante verificar:

1. O valor do frete

Entre em contato com o seu operador logístico ou calcule direto na plataforma para verificar o valor do frete de determinados produtos. Lembre-se de que a dimensão do produto, o peso e a localização do cliente influenciará esse custo.

2. Margem de lucro

O grande malefício de oferecer frete grátis é aumentar o custo de operação. Calcule se a oferta não irá desequilibrar os resultados.

3. Logística reversa

Outro ponto a ser considerado é quando o produto precisa voltar para a loja – em caso de troca ou devolução, por exemplo. Caso isso aconteça com alguns produtos, isso causará prejuízo para a loja?

 

Frete grátis para e-commerce: quando oferecer

Se, após avaliar esses pontos, você descobriu que é possível oferecer frete grátis sem comprometer o faturamento, saiba quais são os melhores momentos para fazer a oferta:

1. Data comemorativa

Como o número de vendas já tem potencial para aumentar em datas específicas, pode ser mais vantajoso – e menos prejudicial para as finanças – oferecer frete grátis nessas datas. Além disso, essa estratégia já é utilizada por muitos lojistas e pode deixar a sua loja mais competitiva e movimentada.

2. Fase final da jornada de compra

Quando o cliente estiver na fase final da jornada de compra, comparando os seus produtos com os da concorrência, pode ser o momento certo de oferecer essa vantagem extra e fazê-lo optar pela sua loja.

3. Conversão

O frete grátis pode ser o argumento perfeito para convencer o visitante a realizar uma determinada ação. Por exemplo, “assine a newsletter”, “indique a loja para um amigo” ou “realize a primeira compra e ganhe o frete grátis!”.

4. Produtos específicos

Para os produtos mais baratos de transportar, você pode oferecer o frete gratuito sem colocar em risco o faturamento da sua loja.

5. Valores específicos

Nesse caso, é possível oferecer a gratuidade no envio para aqueles clientes que alcançarem um valor específico na compra. Essa prática é bastante utilizada para aumentar o ticket médio. Dessa forma, o aumento do valor da compra compensa a redução da margem de lucro por conta da isenção do frete.

6. Localidades específicas

Nessa modalidade, o frete grátis é oferecido apenas para as localidades onde o valor do envio é mais barato. Assim, não há desequilíbrio dos resultados.

7. Em caso de troca

Oferecer frete grátis para os clientes que precisarem realizar a troca de um produto – porque o produto não serviu ou porque a cor não combinou tão bem – pode ser vantajoso, pois gera segurança no cliente.

8. Retirada no local

Para os casos em que o cliente precisa do produto rapidamente e em que a loja possui escritório físico, pode ser interessante oferecer a retirada no local sem nenhum custo.

Como é possível observar, o frete grátis para e-commerce só vale a pena quando há muito planejamento para garantir que as contas não serão afetadas. Para entender melhor a avaliação e o planejamento, leia mais sobre como calcular o frete e algumas opções de envio interessantes.

Leia mais

Artigo anterior

Como elaborar uma pesquisa de satisfação do cliente para seu e-commerce

Leia mais

Próximo artigo

Conheça a jornada de compra do consumidor

Deixe seu comentário