Veja como usar o Google Merchant para otimizar seus anúncios e gerar receita!

Você sabia que grande parte do tráfego na internet vem de pesquisas orgânicas em mecanismos de busca? Isso significa que a maioria das pessoas não começa sua navegação digitando o endereço de um site no navegador e indo direto para ele: elas buscam um termo ou frase no Google e navegam pelos resultados.

Ter produtos bem classificados no Google Shopping, portanto, é fundamental se você quiser captar esse tráfego e levá-lo até sua loja virtual! Mas como fazer isso?

O Google Merchant Center é a plataforma que permite ao lojista configurar como seus produtos aparecerão nos resultados do Google Shopping. Se você ainda não conhece muito bem essa ferramenta, pode dar uma olhadinha no nosso post de introdução sobre o que é o Google Merchant Center.

Para realmente ter sucesso com suas campanhas no Google Merchant, é preciso seguir algumas dicas que ajudarão seus produtos a se destacarem no meio da multidão! Pensando nisso, separamos as principais práticas para dar visibilidade à sua loja virtual e conquistar mais clientes! Bora lá?

Saiba como criar seu feed de produtos no Google Merchant

O Google Merchant Center é onde grande parte da mágica acontece nas campanhas do Google Shopping. É ali que residem os seus feeds de dados do produto.

Um feed de dados do produto é uma lista de todos os produtos que você vende. E não é qualquer lista. Esta lista tem que estar em um formato especial exigido pelo Google (.txt ou .xlsm) com vários atributos que descrevem seus produtos.

Alguns atributos-chave que a sua lista de feed de dados de produtos deve ter incluem:

  • ID: o ID que você usa para identificar exclusivamente seu produto;
  • Título: o nome do seu produto. Este será o texto que será mostrado quando seu anúncio for veiculado;
  • Descrição: este texto descreve seu produto e será mostrado quando seu anúncio for clicado;
  • Categoria do produto: escolha uma das categorias predefinidas do Google;
  • Tipo de produto: definido por você;
  • Link direcionando para a página do item em seu site;
  • Status de disponibilidade (em estoque ou não);
  • Preço de venda.

Não há necessidade de escrever anúncios de texto como você faz para as campanhas do Google Ads — os anúncios do Shopping são gerados automaticamente usando os dados do seu feed.

Otimize seu feed de produtos para melhorar a visibilidade

Se você deseja alcançar prováveis ​​clientes com seu feed de produtos, você terá que otimizá-lo. Para quem já está familiarizado com as práticas de SEO, a otimização de feed não é tão diferente.

Para começar, cada produto deve se concentrar em uma palavra-chave. Ela deve ser um termo de pesquisa popular relacionado ao próprio produto.

Você pode usar uma ferramenta de pesquisa de palavras-chave para isso. O próprio Google Ads tem um recurso chamado Planejador de palavras-chave, mas você também pode usar outras soluções online.

Você também pode descobrir que os próprios atributos do produto aparecem com destaque em palavras-chave populares. Por exemplo, se você vende TVs, pode notar que “TV LCD de 32 polegadas” é um termo de pesquisa popular.

Depois de encontrar as palavras-chave para seus produtos, certifique-se de incluí-las nos títulos e nas descrições dos produtos. Porém, faça isso de forma estratégica e sem exageros. Veja algumas dicas extras para otimizar seu feed no Google Merchant:

  • Aproveite as extensões de produto e promoções para aumentar a visibilidade e taxa de cliques;
  • Certifique-se de que as imagens são de alta qualidade;
  • Configure grupos de produtos para segmentação de campanha.

Crie campanhas de anúncios para o Google Shopping

Depois que você otimizou o feed de dados do produto e vinculou a sua conta do Ads ao Google Merchant Center, você está pronto(a) para criar Campanhas do Shopping.

ZAA Criar Campanhas do Shopping no Ads é simples. Você terá que escolher um feed de produtos do Google Merchant e um país de vendas. Depois de criar sua campanha, você terá que pensar em como deseja organizar seus grupos de anúncios.

Os grupos de anúncios em campanhas do Shopping são apenas para fins organizacionais:

  • Empresas com feeds de dados de produtos muito pequenos geralmente criam apenas um grupo de anúncios;
  • Empresas com feeds de dados de produtos maiores às vezes dividem os grupos de anúncios por marca ou categoria.

Assim como no Google Ads, os anúncios do Shopping funcionam com “lances”. Isso significa que você só paga alguma coisa quando seu anúncio receber cliques. Ainda tem dúvidas sobre como isso funciona? Clique aqui e saiba mais.

Os anúncios do Google Shopping podem ser um canal altamente eficaz para gerar receita para o seu ecommerce. No entanto, vale sempre a pena entender melhor sobre os recursos e seguir as dicas para cadastrar seus produtos no Google Merchant!

Agora que você sabe como aumentar sua visibilidade com o Google Merchant, aproveite e aprenda também como como atrair pessoas pra sua loja virtual.


administrator

Comunicóloga, especialista em marketing digital, que descobriu no ecommerce um mundo a ser explorado!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *