Blog da Loja Integrada

Integração com marketplace: como fazer no e-commerce?

O marketplace é o shopping do mercado online. Por meio dele, empresas dos mais diversos ramos podem se conectar para encontrar consumidores e apresentar seus produtos. Se você está considerando esta opção de canal de vendas, confira no texto de hoje as dicas que separamos para você vender para um público mais propenso à conversão fazendo a integração com marketplace.

O que é um marketplace?

Se um e-commerce é uma loja virtual, o marketplace funciona como um shopping virtual. É lá que várias marcas e lojas se encontram para oferecer seus produtos. Para o público, a vantagem é encontrar todo o tipo de produto em um só lugar.

Como funciona uma integração com marketplace?

Basicamente, as lojas interessadas em vender naquele marketplace se cadastram, realizam um contrato, disponibilizam seus produtos e efetuam as vendas.

No mundo físico, as lojas pagam um aluguel para vender e ter um espaço em um shopping. No mundo virtual, as lojas também pagam uma espécie de aluguel. Pode ser um valor fixo mensal ou anual, mas o mais comum é uma taxa referente a uma porcentagem das vendas.

Quais são as vantagens da integração com marketplace?

Para a loja virtual, as maiores vantagens da integração com marketplace são:

1. Aumentar a visibilidade

Por serem maiores, os marketplaces conseguem obter mais visibilidade. Lojas virtuais que se cadastram em marketplaces pegam carona neste amplo alcance. 

2. Atingir o cliente que está mais propenso a comprar

Os clientes que acessam um marketplace, geralmente, têm maior probabilidade de efetuar uma compra. Ao expor seus produtos para eles, o lojista encurta uma parte da jornada de compra do cliente.

3. Confiança

Especialmente lojas menores ou iniciantes têm dificuldade de se estabelecer e criar confiança com seus clientes. Como não são tão conhecidas, os clientes podem não se sentir tão seguros para colocar seus dados pessoais e/ou financeiros e efetuar uma compra.

Os marketplaces, por outro lado, já têm uma presença maior na mente do consumidor. Integrar-se a eles, pode significar uma maior chance de vendas.

4. Baixo investimento e alto retorno

Para começar a usar um marketplace, você não vai precisar investir alto. Geralmente, os marketplaces só cobram pela comissão nas vendas. Então, você só vai pagar quando e, proporcionalmente, quanto vender.

É claro que cada caso deve ser estudado em detalhes, mas, geralmente, essa taxa cobrada nas vendas é menor do que o custo de marketing e gestão que seria necessário para atrair o cliente para a sua loja.

Vale a pena fazer a integração com marketplace?

Depende. O ideal é você se dedicar ao estudo de todas as possibilidades de canais de vendas disponíveis e de que forma cada um deles contribui para o sucesso da loja.

Um método interessante para fazer isso é o MILCR, que leva em conta a Marca, a Infraestrutura, a Lucratividade, a Captação de clientes e o Relacionamento + Recorrência para identificar qual canal de venda realmente vale a pena para o seu caso.

Posso continuar a ter minha loja virtual e estar em um marketplace?

Sim, com certeza! Vamos lembrar que o marketplace é um canal de vendas, como os comparadores de preço, o WhatsApp, as redes sociais e o próprio e-commerce também são. Um não elimina o outro, e a ideia é fortalecer o seu negócio. 

Ter (ou manter) sua própria loja virtual inclusive é recomendado para reforçar a sua marca, pois nela você tem o seu próprio espaço para mostrar sua identidade visual, contar a história da empresa e criar a identificação com os consumidores.

Como fazer a integração com marketplace?

Após decidir realizar a integração com marketplace, pode ser cansativo e burocrático integrar a loja virtual a cada marketplace desejado. Por isso, nossa sugestão é trabalhar com um hub de integração. A Loja Integrada tem parceria com o Plugg.to. Entre as vantagens desta parceria estão a integração facilitada para os lojistas — o que economiza tempo — e 50% de desconto no setup — para economizar dinheiro também.

Plugg.to oferece integração com os maiores marketplaces do Brasil dos mais diversos ramos, como Mercado Livre, Buscapé, Extra, Cobasi, Centauro, Lojas Americanas, Dafiti Leroy Merlin e muito mais. Além de gerar um relatório completo com o desempenho das vendas por marketplace, SKU ou período.

Se você quer fazer a integração com marketplace, usar o Plugg.to pode ser a melhor opção para você. Marque uma conversa com a Plugg.to e confira as vantagens!

Leia mais

Artigo anterior

Democratização do e-commerce: apoio a jovens da Liga Digital

Leia mais

Próximo artigo

Comportamento do consumidor pós-Covid-19: veja a pesquisa

Deixe seu comentário