🔥 Comece a vender online. Planos anuais com 20% OFF!
Aproveitar!
ecommerce

Marketing de influência para ecommerce: como aumentar as vendas com essa estratégia

Entenda o que é o Marketing de influência para ecommerce, e como fazer para encontrar o influenciador certo para o seu negócio.

A princípio, ao abrir a sua loja virtual, é necessário pensar em algumas estratégias de marketing que farão com que o seu produto seja visto pela sua audiência. Nesse sentido, o marketing de influência para ecommerce se mostra um planejamento excelente, capaz de aumentar consideravelmente o seu volume de vendas.

Entretanto, vale lembrar que, embora muito eficiente, essa estratégia exige bastante estudo de mercado por parte do empreendedor, além da escolha do influencer certo para o seu tipo de negócio.

Dito isso, nesse artigo abordaremos sobre o que é o marketing de influência para ecommerce, bem como formas de encontrar influenciadores na web e algumas das vantagens que acompanham essa prática tão utilizada no mercado digital.

ALCANCE O PRÓXIMO NÍVEL COM A LI: CONTEÚDOS ESSENCIAIS E EXCLUSIVOS PARA SEU ECOMMERCE!

Receba dicas valiosas da Loja Integrada diretamente na sua caixa de entrada!

Aqui você vai ver:

O que é o marketing de influência?

Do inglês, Influencer Marketing, o marketing de influência consiste na promoção de determinado produto ou serviço por meio de influenciadores digitais, ou seja, pessoas famosas nas mídias sociais que detêm um grande poder de engajamento.

Boa parte do sucesso dessa estratégia se dá pelo fato dos influencers serem pessoas muito carismáticas e incrivelmente convincentes, o que faz com que seus seguidores adquiram qualquer produto que lhes é oferecido.

Para se ter uma ideia, somente no ano de 2020, aproximadamente 40% dos usuários do Twitter diziam ter feito uma compra como resultado direto de um Tweet de um influenciador. Isso é o que aponta uma pesquisa do The Influencer Marketing Hub (em parceria com Viral Nation e NeoReach ).

Além disso, 89% dos entrevistados da pesquisa de Marketing de Influenciadores feita pela MediaKix em 2019, crêem que o ROI do Marketing de Influência é comparável ou até melhor do que o de outros canais de Marketing.

De fato, quando bem utilizada, o poder de retorno dessa técnica pode ser extraordinário, alavancando o crescimento de leads e o aumento de vendas do seu ecommerce significativamente.

Por que eu devo contratar um influenciador digital para promover o meu negócio?

Se antigamente os meios pelos quais as empresas anunciavam os seus produtos não apresentavam muita variação, sendo a televisão o principal deles, atualmente, o cenário é totalmente diferente.

Vivemos em uma era onde as pessoas passam a maior parte do tempo conectadas à internet. Conforme aponta o site Jornal Contábil, o Brasil ocupa a terceira posição dentre os países que mais utilizam redes sociais no mundo, aproximadamente 3 horas e 42 minutos por dia. Diante desse cenário, fica fácil imaginar que, quem quer que seja a sua persona, muito provavelmente ela deva ter um perfil cadastrado em alguma rede social.

Entretanto, como se sabe, a internet é um espaço muito amplo, e conseguir se conectar com o seu público-alvo pode ser uma tarefa complicada caso você decida fazer isso por conta própria.

Dessa forma, é justamente nesse ponto que o trabalho do influenciador digital se faz preciso. Basicamente, ele vai ser o elo entre o seu produto e a sua audiência, casando a necessidade de promoção da sua marca com o desejo de comprar do seu cliente.

Além disso, estratégias de marketing de influência vêm se mostrando efetivas há muitos anos, ajudando diversos empreendedores de comércios físicos e digitais a escalarem suas empresas de forma significativa.

Por fim, vale salientar que apenas contratar um influenciador para as suas campanhas de marketing não basta. É preciso elaborar um plano de divulgação sólido e muito bem embasado, com total entendimento dos objetivos a serem alcançados pela empresa, sejam eles a prospecção de novos clientes, aumento no número de vendas, ou até mesmo estratégias de branding.

Como encontrar influenciadores digitais para ecommerce?

Primeiramente, é importante salientar que quantidade nem sempre significa qualidade. Em outras palavras, não adianta ir atrás influencers com muitos seguidores, sendo que esses não interagem nas publicações e não geram engajamento.

Além disso, é preciso estar atento ao seu nicho de atuação e procurar por influencers que realmente sejam compatíveis com ele. Se o seu ecommerce trabalha com produtos voltados para o setor de cosméticos, contratar um influenciador que trabalha com esportes, por exemplo, pode não ser uma boa opção. Nesse caso, perfis voltados para a área de beleza e cuidados pessoais seriam os mais indicados.

Outro ponto importante a ser destacado, é que a sua empresa não precisa contratar perfis com mais de 100.000 seguidores para fazer com que a sua estratégia de venda traga resultados.

Nesse sentido, caso o orçamento do seu ecommerce esteja curto para esse tipo de ação, saiba que você pode optar pelos micro influenciadores, que são perfis com uma quantidade mais baixa de seguidores, em média 2 ou 3 mil.

O interessante é que, por vezes, os micro influenciadores aceitam permutas como forma de pagamento, ou seja, o seu produto em troca de um pacote fechado de publicações. Claro que esse tipo de acordo não vale para todos, porém, não deixa de ser uma forma de contratação.

Como extrair o melhor das suas campanhas de marketing de influência?

Para obter os melhores resultados com as suas estratégias de marketing de influência, confira algumas dicas valiosas que separamos para você:

Evite problemas de semântica nas suas campanhas

Ao contratar um influenciador digital, certifique-se de que a mesma estratégia alinhada para determinada plataforma, também estará sendo usada na promoção do seu produto em outros canais de divulgação.

Em outras palavras, é preciso que todas as suas publicações se comuniquem entre si, passando a mesma mensagem para a sua audiência. Caso contrário, o não cumprimento dessa premissa pode acabar gerando confusão no seu cliente, impactando negativamente o resultado da campanha.

Regime de contratação

Nem todos os influenciadores possuem empresa aberta, ao passo que, em alguns casos, será necessário prosseguir com a sua contratação via RPA. A princípio, para alguns donos de ecommerce, isso pode representar um problema, já que os impostos relacionados a esse tipo de contratação costumam ser mais elevados.

Portanto, antes de dar andamento às suas campanhas marketing de influência, verifique se o valor a ser investido estará de acordo com o orçamento disponibilizado para esse tipo de diligência.

Esteja atento a localização da sua audiência

Caso o seu ecommerce seja pequeno, talvez seja melhor você contratar um influenciador que se comunique somente com pessoas da sua região. Isso porque caso a sua empresa não dê conta de atender grandes demandas, promover o seu produto para outras cidades e estados acabará gerando frustrações e uma má reputação para seu negócio.

Dessa forma, peça ao perfil informações referentes às localizações dos seus seguidores e veja se faz sentido seguir com a contratação.

Deixe claro que as sua publicações, de fato, são publicações

De antemão, sempre peça para o seu influenciador utilizar as hashtags #Publi ou #Ad em todas as publicações envolvendo a sua marca. Caso contrário, sua empresa estará sujeita a punições sancionadas pelo CONAR, devido a veiculação de Publicidade Velada.

Por fim, caso você tenha dúvidas sobre o seu público alvo e não quer arriscar contratar um influenciador sem antes ter traçado um planejamento estratégico sólido e bem estruturado, uma boa opção é procurar por empresas de marketing digital especializadas no assunto, que poderão te orientar e te auxiliar durante todo processo, desde a definição da sua persona, até a escolha do perfil certo para promover os seus produtos.

Gostou do conteúdo? Aproveite para ler também o artigo Como criar plano de marketing para aumentar as vendas do seu ecommerce.